• Vendas

Softwares de vendas: descubra os 7 melhores e como escolher o seu

Seja qual for o tipo do seu negócio, tenho certeza que “aumentar receita” e “otimizar o uso de recursos” são objetivos importantes para você. Uma das melhores formas de fazer isso é aprimorar a sua operação comercial, para não desperdiçar oportunidades e fechar mais deals.

Existem muitos caminhos para fazer isso, que incluem rever o seu processo comercial, montar um playbook de vendas, entre outros. Um dos mais básicos deles é: utilizar softwares de vendas específicos para cada etapa do processo comercial. Quer saber como escolher um e conferir uma seleção dos melhores do mercado? Então, acompanhe a leitura.

O que é um software de vendas?

Um software de vendas ou software comercial é um programa que ajuda o seu time de vendas a se organizar e ganhar mais agilidade no processo comercial.

Por meio dele, é possível registrar interações com prospects e clientes e assim fazer follow ups mais precisos, encontrar boas oportunidades, definir prioridades para abordagem, facilitar a personalização das mensagens, entre outros benefícios. 

De modo geral, o termo “software de venda” normalmente se refere a um CRM, que é atualmente algo básico para a gestão comercial de qualquer empresa. Porém, não é o único tipo de solução disponível para a área de vendas. Para times mais avançados, que desejam resultados mais rápidos, também é recomendado o uso de uma ferramenta de sales engagement.

Confira uma seleção das melhores soluções disponíveis.

Os 7 melhores softwares de vendas B2B

Confira a seleção dos melhores softwares de venda do mercado e descubra como eles podem ajudá-lo. 

1. Salesforce (CRM)

O Salesforce foi o primeiro software de vendas a funcionar na nuvem, inaugurando o que chamamos hoje de SaaS. É um dos CRMs mais respeitados e mais robustos do mercado, atendendo as mais diversas necessidades. 

O produto inspira tanta confiança que, o seu uso por uma empresa, acaba sendo considerado uma exigência para receber alguns investimentos. O software inspira a confiabilidade dos dados, o que é levado em consideração em uma rodada de investimento.

Por outro lado, costuma ser considerado muito complexo e caro para empresas iniciantes. Vale a pena fazer o teste gratuito para entender se atende a sua necessidade. 

2. Pipedrive (CRM)

O Pipedrive é um CRM líder de mercado, focado em oferecer uma ferramenta simples e muito eficiente. A sua interface é amigável, o que talvez se deva ao fato dos seus criadores terem sido vendedores antes, portanto focaram no que realmente faz diferença no dia a dia. 

Mesmo sendo descomplicada, é uma ferramenta com muitos recursos. Pela união dessas características é que o Pipedrive tem sido um dos softwares de vendas preferidos pelas pequenas e médias empresas. 

3. RD Station CRM

A RD Station já era uma empresa reconhecida por seu software de automação de marketing. O seu CRM veio para completar o pacote: da geração do lead até o fechamento da venda.

Esse software de vendas é simples e prático. O objetivo é ser muito intuitivo, sem a necessidade de uma grande configuração da ferramenta ou treinamento exaustivos para o time. 

A ferramenta possui um plano gratuito e, por ser nacional, é nativamente toda em português. Isso é ótimo principalmente em relação ao suporte. 

4. Agendor (CRM)

O Agendor também é um CRM brasileiro, que tem o propósito de aprimorar o processo comercial e evitar desperdícios de oportunidade.

Como é focado em pequenos negócios, é uma ferramenta simples. Ela centraliza o registro dos clientes, mantém o histórico, mostra o progresso de cada lead, faz lembretes de follow ups e oferece relatórios detalhados. 

O produto é um software comercial mas que também é considerado uma boa ferramenta de gestão. Possui um plano gratuito limitado, mas que fornece uma boa visão do produto.

5. Moskit (CRM)

O Moskit é mais uma opção de CRM nacional, já utilizado por muitas empresas. As funcionalidades do sistema se dividem entre 4 pilares: gestão, comunicação, produtividade e automação.

Ele oferece um apanhado bem completo de ferramentas para um gestor comercial ter o controle da sua operação. 

6. Nectar (CRM)

Seguindo a lista de indicações de CRMs nacionais, aqui vai o último, que também é uma bela opção para a sua operação comercial. Por meio dele, é possível gerenciar contatos, ter noção do progresso dos deals e das metas estabelecidas. 

O software comercial possui diversos planos, inclusive um gratuito. O seu único problema é a baixa capacidade de armazenamento no plano grátis, porém vale a pena o teste!

7. Meetime Flow (Plataforma de Sales Engagement)

Sim, o CRM é um software fundamental para time comerciais, por isso existem tantas opções no mercado. Mas veja esta representação do funil comercial:

softwares de vendas para cada etapa do funil de vendas

O funil comercial pode ser dividido em 3 grandes etapas: a captação de leads, a prospecção e a conversão. A captação de leads fica a cargo do marketing e possui seus softwares próprios. Já as duas últimas são responsabilidade do time de vendas e também podem ser otimizadas pela tecnologia. 

A adoção de um CRM certamente é algo essencial atualmente para a profissionalização de um time comercial. Mas, quem deseja ir além, precisa entender que um CRM não é suficiente para tirar o maior proveito de suas oportunidades. 

A etapa da prospecção, onde é feito o primeiro contato com o lead e qualificação dele, é uma das mais trabalhosas. Por isso, ela já é considerada uma área à parte: Pré-Vendas

Em outras palavras, a etapa em que os SDRs entram em ação para abrir contato e criar engajamento com os possíveis clientes, o que é chamado de Sales engagement. 

Se você tem dúvidas sobre esse conceito, recomendamos que leia este guia super completo. E depois volte aqui. 🙂  

Ter um CRM é algo básico para um time comercial, por isso existem tantas opções no mercado. Porém, o grande diferencial para um time maduro, está em aumentar a eficiência dos contatos dos vendedores e SDRs. Para isso, uma ferramenta de Sales Engagement é essencial. 

Agora vamos direto ao ponto: o Meetime Flow é uma plataforma de Sales Engagement  para quem faz Inside Sales. Ele organiza as atividades dos SDRs, para que possam ganhar agilidade nesse processo, sem perder a personalização, e tenham mais chance de obter o contato.
Para tal, disponibiliza fluxos de cadências, que são personalizáveis para a realidade de cada cliente. A plataforma organiza as atividades da prospecção, priorizando-as de acordo com os leads mais alinhados e as atividades mais importantes no momento. Além de gerar métricas, reportando número de leads abordados por vendedor, taxa de abertura de emails, leads ganhos, dentre outras.

Como escolher um software de vendas

Digitalizar e automatizar a área de vendas é algo que nenhuma empresa consegue mais fugir. Essa é a melhor forma de ganhar agilidade nos processos e maior controle sobre os dados. Porém, na hora de decidir por qual plataforma utilizar, é necessário levar em consideração alguns aspectos, como recursos, preço, usabilidade e suporte. 

Como definir o melhor caminho para a sua empresa? Confira algumas dicas para fazer isso. 

Defina o que você precisa

Dependendo do nível de maturidade da sua operação, a escolha do software de venda pode variar bastante. Operações mais iniciantes que ainda não envolvam muita complexidade podem optar por ferramentas mais simples, com menos recursos.

Por outro lado, tem gente que opta por contratar uma ferramenta mais completa para não ter que migrar lá na frente, o que costuma ser desgastante. 

Para tomar essa decisão, um caminho é olhar para as funcionalidades e batê-las com as suas necessidades. Uma ferramenta pode ser mais completa, mas se a maior parte dos recursos você não for utilizar, o quê adianta?

Confira a facilidade de uso

A usabilidade da plataforma é um ponto muito importante de ser avaliado, mas que muitas vezes é deixado um pouco de lado. Presta-se muita atenção em preço e recursos, mas esquece de avaliar com quem de fato vai utilizar a ferramenta, se ela será útil no dia a dia dele. 

Você pode conseguir um preço incrível e assinar uma plataforma de ponta que é referência no mercado, se o seu time não se sentir confortável utilizando o software, achar que está perdendo tempo, achar confuso, o seu investimento foi em vão. 

É muito importante trazer para perto dessa decisão as pessoas que, de fato, vão colocar a mão na massa. São elas que vão poder definir melhor se tal software de venda ajuda na rotina ou não. 

Teste alguns tipos diferentes

Existem diversos tipos de softwares de vendas disponíveis no mercado. Não se deixe seduzir pelo primeiro que parecer bom. Faça uma boa pesquisa, converse com os consultores das empresas que chamaram mais atenção, leia os cases de sucesso e, se possível, teste na prática as suas ferramentas favoritas. Isso vai te ajudar a ter uma visão mais ampla e tomar uma decisão mais acertada. 

Viu só quantas opções de softwares de vendas existem no mercado? Se você está em busca de contratar um, para elevar a sua operação comercial de nível, consulte os que listamos e faça o teste grátis em pelo menos 3 deles.

Apenas com a prática que você conseguirá atestar a eficiência das ferramentas para o seu time. 


Enquanto você faz essa análise, a última dica que podemos te dar é conferir o nosso kit de Inside Sales para iniciantes. Por meio dele, você tem acesso a diversas ferramentas gratuitas que te permitem fazer um diagnóstico completo da sua operação. Baixe agora o nosso Kit Inside Sales Iniciante!

Veja mais assuntos relacionados:

Veja também

Mais informações sobre Inside Sales para você. Veja:

Acompanhe todas as novidades
sobre Inside Sales

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro do assunto!

Obrigado! Seu cadastro foi realizado com sucesso. 😉