O que aprendemos no caminho de 0 a 100 clientes

Você pode gostar também de...

  • Eduardo Cesar Batista Fin

    Excelente, como sempre!

  • Eduardo Xavier

    Esse papo de se fingir de prospecto é uma porcaria. Desencorajo qualquer uma a fazer isso.

    O interessante é você observar empresas que você admira e combinar sua admiração com preparo e transpiração. Fingir de prospecto da a entender que o sujeito deve se fazer de cliente, entrar no seu concorrente e ficar alugando o cara. Isso toma tempo das pessoas, não corrige sua formação ruim e não garante sucesso e estraga o mercado, pois a medida que você não se diferencia, você na verdade cria um ambiente de prostituição e leilão… hoje em dia é muito fácil perceber quando alguém está se fazendo de cliente; não preciso detalhar como, mas começa pelas perguntas imbecis, descontextualizadas. Pelo comportamento, etc. eu por exemplo diferencio um cliente de um patetico em 15 segundos de conversa.

    Outra coisa muito importante, vocês focam na literatura americana pra esse tipo de coisa, e Pütz! No Brasil é tudo diferente! Mas é isso aí… keep posting! 😛

    • Fala Eduardo, agradeço bastante seu comentário. Acho que nos expressamos mal, e explico porque…

      No caso do PandaDoc, por exemplo, nós precisávamos de uma solução como eles. E o processo veio a calhar. Como respiramos o assunto avaliamos o processo de vendas de cada ferramenta que queremos contratar (e até damos feedback depois) 🙂 É isso que o Rui quis dizer com o fingir-se. Realmente a ideia não é atrapalhar, e sim aperfeiçoar.

      Sobre a literatura tomamos bastante cuidado para adapta-lo sempre a realidade brasileira, até porque há muito pouco conteúdo sobre isso aqui. A nossa pesquisa (Inside Sales Benchmark Brasil) é um exemplo 🙂 Sempre que julgar que algo pontual não é adequado ao Brasil por favor nos sinalize

      Obrigado, e keep reading (please) ;P

  • Pingback: Coaching de Vendas: Desmistificando 5 mitos comuns()

  • Pedro Henrique Nhimi

    Post incriiiiiiivel…. Parabéns galera da Meetime! Incorporado já no nosso material de Treinamento do Time de Vendas 🙂

  • Pingback: 5 mitos sobre argumentos de vendas()