SPIN Selling no universo de Inside Sales

SPIN Selling

No post anterior introduzimos o assunto vendas consultivas e porque elas diferem tanto das vendas tradicionais. E a espinha dorsal de uma venda consultiva é justamente fazer as perguntas certas e descobrir as potenciais oportunidades de melhoria em cada cliente. Essa é basicamente a tarefa que a metodologia SPIN Selling se propõe a realizar.

Acompanhamos o trabalho do Eduardo Muller com SPIN Selling e decidimos entrevistá-lo no Casts for Closers e realizar esse desejo antigo de trazer o tema para o blog da Meetime.

Aproveite o podcast! 🙂

Episódio #20 – SPIN Selling no universo de Inside Sales

Eduardo Muller é fundador da Oversea Consulting, empresa de Consultoria em Vendas

Conversamos sobre:

*Apresentação inicial do SPIN Selling

  1. S – Situação: como definir as perguntas certas de situação, uma vez que muitas delas podem gerar reações ruins no prospect?
  2. P – Problema: como identificar dores agudas do cliente, e transformar as perguntas de problemas em necessidades implícitas?
  3. I – Implicação: como se preparar para as perguntas de implicação, ou seja, descobrir como o problema afeta o negócio do prospect?
  4. N – Necessidade da Solução: como resumir a conversa, toda a informação coletada, e trabalhar o avanço daquele prospect em direção à venda?

*Como aplicar o coaching dos vendedores e fazer com que eles melhorem no SPIN Selling?

Compare suas métricas de Inside Sales ao mercado:

Resumo
SPIN Selling no universo de Inside Sales
Título do Post
SPIN Selling no universo de Inside Sales
Descrição
Eduardo Muller, CEO da Oversea Consulting, deu dicas práticas ao Casts for Closers sobre SPIN Selling aplicado à Inside Sales! Imperdível :)
Autor

Você pode gostar também de...