Como criar e aproveitar melhor a assinatura de e-mail de prospecção

assinatura-de-email

  1. Criar um assunto de e-mail atrativo que desperte a curiosidade do prospect
  2. Escrever uma mensagem personalizada que agregue valor e gere interesse
  3. Convidar para um próximo passo bem claro.

Fez tudo isso? Você está de parabéns! Esses são os passos para criar um e-mail de prospecção que converte. Mas tem um detalhe que costuma ser negligenciado: a assinatura de e-mail!

Você já prestou atenção na sua?

Já dedicou um tempo para criar um modelo igualmente atrativo e interessante? Se não, está desperdiçando um espaço precioso. Ou pior: pode estar espantando os prospects!

Normalmente ela é vista apenas como um cartão de visitas. Você coloca lá o seu nome, cargo, telefone e pronto. Fez o básico e esqueceu que ela existe. Se a sua empresa tem um modelo padrão, talvez você nem tenha tido esse trabalho…

O que muita gente não se dá conta é que, depois do “att” e do “abs”, está uma chance extra de conquistar a atenção do prospect. A assinatura de e-mail pode ser a diferença entre receber uma resposta ou não. E também pode servir para outros propósitos além de deixar o seu contato disponível.

Então, vamos ver como criar uma assinatura nota 10 e como aproveitar da melhor maneira esse espaço?

Por que a assinatura de e-mail é importante?

“Ah! Qual é! Ninguém nem olha para a assinatura! Por que você vai perder tempo com isso?”

Um diabinho soprou isso no seu ouvido?
Pois dê uns tapas nele e uma chance aos nossos argumentos!

Primeiro vamos revelar um segredinho.

Quando você lê um texto na internet, qualquer um, como esse post aqui mesmo, tem um fator que é fundamental para convencer você a ler e continuar lendo. É a escaneabilidade. Ela consiste em organizar os elementos da página de uma forma que seja fácil localizar as informações-chave e fazer uma leitura dinâmica.

Viu aquele negrito ali no parágrafo acima? Ele te ajuda a identificar rapidamente sobre o que aquele bloco de texto está falando e chamar sua atenção.

Se bem elaborada, a assinatura de e-mail também pode ser um elemento de escaneabilidade, fisgar a atenção do prospect e informar rapidamente quem é você e o que deseja.

Às vezes, ele pula um ou outro parágrafo do corpo do e-mail (quando não tudo!), mas é inevitável que olhe para sua foto sorridente no fim. E, consequentemente, para o que mais houver ali.

Alguns outros motivos para investir um tempo na assinatura de e-mail são:

  • Ela é o seu cartão de visitas, mesmo!

Você não vai a um evento e entrega ao prospect um pedaço de papel rasgado de um caderno com seu nome, empresa e telefone, não é? Uma assinatura de e-mail mal acabada é similar.

  • Torna o contato mais pessoal

É verdade! Se você colocar sua melhor foto, as chances do prospect simpatizar com você aumentam. Ele vai sentir que tem uma pessoa de verdade, com rosto, nome e sobrenome, querendo falar com ele. Fica mais difícil ignorar, mesmo que inconscientemente.

  • Reforça sua marca e credibilidade

Não precisa se limitar ao mínimo. Você pode incluir algumas informações e elementos que inspirem confiança e respeito. O logo da empresa é o mais básico. Mas pode ser um prêmio que receberam recentemente ou um destaque do produto/serviço, por exemplo.

  • Facilita encontrar informações

Por causa do fator escaneabilidade, que explicamos ali em cima, a assinatura é o primeiro lugar que o prospect vai buscar informações. Então elas precisam estar lá, bonitas, claras e bem organizadas.

  • Comunicação consistente da empresa

Quando você entra em contato com muitos stakeholders, ou muitas vezes com a mesma pessoa, ter um padrão visual com a marca da empresa vai fazer ela lembrar de você.

Ok, matamos o diabinho? Então já podemos ver o que uma assinatura de e-mail digna de vendedor de sucesso precisa ter! Do básico ao avançado.

Elementos que não podem faltar na assinatura de e-mail

Este tópico é nível iniciante. O feijão com a arroz da assinatura de e-mail. E, por isso mesmo, indispensável. Ela precisa ter, no mínimo:

  • Uma imagem: Pode ser tanto uma foto sua quanto o logo da empresa. Vai depender do seu objetivo. Uma foto pessoal humaniza o contato e gera conexão, enquanto uma imagem institucional é mais fria, demonstra profissionalismo e reforça a marca. O ideal é fazer uma combinação das duas, tomando alguns cuidados que vamos ver mais à frente.
  • Seu nome e cargo: É óbvio, mas vai que você esquece, né?
  • Seu telefone: Um erro comum é abarrotar a assinatura com milhões de telefones, celulares, Skype, endereço… Mas o melhor é ser minimalista! Limite-se ao essencial, ao que você realmente usa e que faz sentido para o prospect. Endereço para quê, se você faz Inside Sales? Skype para quê, se você só usa a Meetime? 😀
  • Redes sociais: É bem legal inserir links para as suas redes sociais, mas o mesmo cuidado do tópico anterior vale aqui: sem exageros! O LinkedIn já deve bastar. Só coloque outras redes se você for um usuário ativo e seja interessante para os seus prospects visitar o perfil ou conversar com você por lá.

Bem simples, não é? Porém, acredite: tem gente capaz de fazer uma bagunça tão grande com essas informações que a assinatura de e-mail acaba causando um efeito negativo, minando a credibilidade e afastando os prospects.

Para garantir que você não cometa deslizes catastróficos, vamos a um pequeno manual de boas práticas!

Cuidados ao criar uma assinatura de e-mail profissional

O ideal mesmo é chamar um designer competente para criar uma assinatura de e-mail para você. Infelizmente, nem sempre isso é possível. Então seguem algumas dicas para não pagar mico:

  • Organizar as informações em blocos

Use a lógica para deixar mais claro e fácil para o prospect encontrar o que procura só de bater o olho. Nome e cargo costumam ficar juntos, por exemplo. Agrupe os contatos. Deixe espaço entre os blocos de informação para o visual ficar mais limpo e use linhas divisórias para separar!

  • Use cores, mas não abuse!

A cor destaca a assinatura. Mas não precisa ser um arco-íris. Uma só já é suficiente. Dê preferência para as cores da marca da sua empresa. Pode usar tanto em elementos visuais, como linhas divisórias, quanto para destacar seu nome, por exemplo.

  • Capriche na qualidade da foto!

Tenha muito cuidado com a resolução e aparência. Não vá cortar seu rosto de uma foto de festa com um braço por trás do seu pescoço, né? Profissionalismo.

  • Escolha uma fonte legível e simples.

Isso não é um convite de aniversário de criança, então esqueça aquela Comic Sans vermelha. A fonte deve ter um tamanho adequado. Se não estiver muito confiante na escolha, aposte nas básicas, como a boa e velha Arial.

  • Não se empolgue demais!

Tem gente que gosta de colocar uma mini-biografia ou frases inspiradoras. E isso é ok, desde que não polua visualmente a assinatura e que tenha um propósito além de parecer legalzão. A seguir vamos dar algumas ideias para ir além do feijão com arroz, mas é sempre bom ter bom senso e não exagerar na quantidade de informação. FOCO é a palavra-chave.

5 ideias para aproveitar a assinatura de e-mail

Agora que você já sabe como fazer o básico, pode usar um pouco da imaginação e inserir outras informações que ajudarão você em um objetivo específico. Como falamos lá no início, o espaço da assinatura é uma última chance de conquistar o prospect.

Mas tenha cautela! O foco principal deve ser sempre o conteúdo do seu e-mail.
Não vale aplicar todas essas ideias de uma vez só. Escolha uma que mais se encaixe no seu objetivo, que faça mais sentido para a empresa. Você sempre pode atualizar a assinatura e testar o que dá mais certo.

  1. Gerar tráfego para o site: Insira o link para o site ou blog da sua empresa.
  2. Indicar conteúdos de qualidade: Tem um material que ensina tudo sobre a sua área e é muito útil? Pode linkar no fim da assinatura.
  3. Facilitar o agendamento de reuniões: Um link com chamada para “Agendar uma reunião” na assinatura pode facilitar bastante a vida do prospect!
  4. Criar autoridade: Você ou sua empresa receberam um prêmio ultimamente? Por que não se aproveitar disso (por um tempo) para despertar interesse e credibilidade? Acrescente essa informação na sua assinatura!
  5. Promover produtos, serviços, eventos: Sua empresa acabou de lançar uma novidade? Vai promover um evento? Tá liberado divulgar pela assinatura da equipe.
  6. Converter leads: Inclua um CTA discreto para uma landing page relevante para o seu negócio.

Pense que a assinatura de e-mail é um extra. Colocar algum desses elementos pode colaborar para a estratégia de prospecção, mas nunca será o fator principal. Por isso, sua mentalidade ao acrescentar essas informações deve ser a mesma do que todo o e-mail: oferecer valor ao prospect e, se possível, facilitar a vida dele.

Por fim, se você não faz a menor ideia de como criar uma assinatura de e-mail, a última dica é: use uma ferramenta gratuita. Recomendamos a da Hubspot, mas há muitas disponíveis por aí!

Então vá lá e crie uma assinatura de respeito!

Resumo
Como criar e aproveitar melhor a assinatura de e-mail de prospecção
Título do Post
Como criar e aproveitar melhor a assinatura de e-mail de prospecção
Descrição
A assinatura de e-mail é a última chance de chamar a atenção e conseguir uma resposta para o seu e-mail de prospecção. Veja dicas para fazer bonito!
Autor

Você pode gostar também de...