21 melhores filmes sobre vendas que você deveria assistir

filmes-de-vendas
Falamos o tempo todo aqui no blog sobre como é importante estar constantemente aprendendo. Já demos dicas de coaches de vendas para acompanhar nas redes sociais, de livros, de TEDs. E agora chegou a vez dos filmes!
Sim, você também tem muito a aprender com eles! Assistir filmes é uma excelente forma de reter informações, relacionar as situações e histórias a conhecimentos que você já tem, ver exemplos, se identificar…
E não faltam filmes que tratam sobre vendas! Comédias, dramas, romances, suspense ou crime – não importa qual o seu gênero favorito, garantimos que todos eles estão contemplados por personagens vendedores, gerentes, empreendedores. Às vezes você até já assistiu, mas não prestou atenção nas lições de vendas que estavam por trás da história central.
Então, reunimos aqui os melhores filmes sobre vendas para você aprender, se motivar e inspirar.
Prepare a pipoca e assista!

21 melhores filmes sobre vendas para se divertir e aprender

  1. O sucesso a qualquer preço – Glengarry Glen Ross (1992)

“A.B.C. Always Be Closing!”

Esse você com certeza já ouviu falar. “O sucesso a qualquer preço” é o grande clássico dos filmes de vendas. Se você ainda não assistiu, está na hora!
A história é a seguinte: em uma corretora de imóveis em tempos de crise, os vendedores precisam dar um jeito de vender mais para manter o emprego. O novo chefe promete um Cadillac Eldorado para o melhor vendedor, um conjunto de seis facas para churrasco para o segundo melhor e a demissão para o terceiro. Tenso? Imagina! O filme é cheio de lições sobre vendas e estratégias para superar uma crise.

  1. À procura da felicidade – The Pursuit of Happyness (2006)

Já assistiu? Muita gente concorda que esse filme é excelente! E ainda vem com muitas lições de vendas.
“À procura da felicidade” conta a história de um pai de família que enfrenta problemas financeiros, é abandonado pela esposa e precisa cuidar do filho de 5 anos. Para conseguir um emprego que pague melhor, ele utiliza as habilidades de… vendedor! Bem legal assistir e prestar atenção nas estratégias e táticas que ele usa. E ainda é super motivacional, mostrando o que é ser determinado e resiliente de verdade.

  1. O Lobo de Wall Street – The Wolf of Wall Street (2013)

Outro filme obrigatório para vendedores! Vencedor do Oscar, dirigido por Martin Scorsese e estrelado por Leonardo DiCaprio, “O Lobo de Wall Street” conta a jornada do ambicioso Jordan Belfort, desde o emprego em Wall Street até ser dono do próprio (e milionário) negócio. Na verdade, o filme dá mais lições do que NÃO fazer… Mas também é permeado de ensinamentos de vendas: como abordar, como contornar objeções, como estimular o time.

  1. Carros Usados – Used Cars (1980)

Sabe aquele esteriótipo do vendedor de carros?
Esse filme é uma comédia que mostra exatamente isso. O personagem central é um vendedor de carros usados que precisa juntar dinheiro para concorrer ao Senado. Um retrato da pilantragem e cheio de clichés das vendas tradicionais. É para assistir, dar umas risadas e ver como esse tipo de abordagem não faz mais nenhum sentido hoje.

  1. A morte de um Caixeiro Viajante – Death of a Salesman (1985)

Um drama baseado no livro do dramaturgo Arthur Miller, “A morte do caixeiro viajante” é uma crítica ao “sonho americano”. O personagem principal, Willy Loman (interpretado por Dustin Hoffman) é um caixeiro viajante que sonhava em ter tudo na vida – mas está, na verdade, prestes a perder o emprego. Ao perceber que nem ele nem a família serão bem sucedidos, Willy revisita o próprio passado para entender o que deu errado. O filme é excelente e vale assistir tanto pelo retrato de um vendedor porta a porta quanto pela reflexão sobre a ideia de sucesso.

  1. Seize The Day (1986)

Em “Seize the day” Robin Williams é Tommy Wilhelm, um vendedor talentoso – mas que perde o emprego e é largado pela mulher. Para tentar sair dessa crise, ele se muda para Nova York e consegue um trabalho por indicação de um amigo, porém descobre que suas habilidades de vendas não serão suficientes. Ficou curioso? Assista!

  1. Presente de Grego – Baby Boom (1987)

Você acha difícil negociar um contrato? Experimente cuidar de um bebê! Acredite: pode ser muito mais desafiador. É isso que acontece na comédia “Presente de Grego”.
A consultora de negócios J.C. Wiatt – conhecida como “Tiger Lady” – tem uma vida atribulada e totalmente dedicada ao trabalho. Mas tudo muda quando ela adota o bebê de uma prima que faleceu. Depois de “perder tudo”, ela cria o próprio negócio e encontra a realização que esperava. Divertido, é um bom filme para desestressar e ver que nem sempre dar “um passo atrás” é ruim.

  1. Os rivais – Tin Men (1987)

Você pode até não gostar do seu concorrente, mas não deve chegar nem perto de Bill “BB” Babowsky (Richard Dreyfuss) e Ernest Tilley (Danny DeVito), os personagens centrais de “Os rivais”.
Os dois são vendedores porta a porta de tapumes de alumínio e adotam táticas nada éticas para fechar negócios. Vale de tudo – mesmo! A rivalidade ultrapassa o limite profissional quando BB bate no Cadillac de Tilley. Acompanhando o conflito entre os dois, você pode ver a história do fim de uma era na qual a corrupção era prática comum em vendas.

  1. Mong & Lóide – Tommy Boy (1995)

Quem diria que um clássico da Sessão da Tarde estaria nessa lista?!
Mas Mong & Lóide, além de ser uma comédia clássica (e daquelas cheias de piadas escrachadas), também fala de vendas!
Se você já assistiu, deve se lembrar: Tommy quer salvar a empresa do falecido pai e, para isso, precisa vender milhares de pastilhas de freio. No início, sua abordagem efusiva assusta os potenciais clientes, mas logo ele acha o jeito de entender as pessoas, gerar conexão e vender!

  1. Diamond Men (2000)

Robert Forster faz o papel de Eddie Miller, um vendedor “dinossauro”. Ele viaja para vender joias há 30 anos e, depois de sofrer um ataque cardíaco, vê que a aposentadoria virá mais cedo.
Antes, porém, recebe a missão de treinar o sucessor, Bobby Walker (Donnie Wahlberg), um jovem sem nenhuma experiência em vendas. Na estrada, os dois se tornam amigos, apesar das diferenças – e cada um tem uma lição para ensinar ao outro.

  1. O Senhor das Armas – Lord of War (2005)

Grande sucesso estrelado por Nicolas Cage, “O senhor das armas” conta a história do vendedor de armas Yuri Orlov. Ele começa vendendo armas no próprio bairro e acaba se tornando um dos grandes negociadores, envolvido com governos e senhores da guerra na África. A questão ética é o pano de fundo: será que vender armas é tão diferente de vender… qualquer outra coisa? É só suprir uma demanda? As habilidades de negociação de Yuri podem ser admiráveis e bem parecidas com a suas, mas o propósito é devastador.

  1. O amor e outras drogas – Love & Other Drugs (2010)

Como conquistar o cliente? Talvez não desta forma…
“O amor e outras drogas” é baseado no livro “The Evolution of a Viagra Salesman”, de Jamie Reidy, e conta a história de um vendedor-galã-sedutor. Com Jake Gyllenhaal e Anne Hathaway, é uma comédia romântica, mas cheio de lições de vendas e várias curiosidades!
O personagem principal é vendedor em uma loja de eletrodomésticos e, depois de ser demitido, passa a trabalhar em um laboratório da indústria farmacêutica. Com táticas agressivas, ele não aceita “não” como resposta e se torna o vendedor nº1. Vale assistir, deixar o romance um pouco de lado e prestar atenção na competitividade do setor, nas estratégias e questões morais.

  1. Um negócio nada seguro – Cedar Rapids (2011)

Quer um filme leve para arejar a cabeça? “Um negócio nada seguro” é uma comédia que fala das relações de trabalho e networking! Tim Lippe (Ed Helms) é um vendedor de seguros de uma cidadezinha do interior. É tão ingênuo que nunca viajou de avião ou ficou hospedado em um hotel. Ao ser enviado para representar a empresa em um evento de negócios na “cidade grande”, ele conhece vendedores mais experientes e cínicos.

  1. O homem que mudou o jogo – Moneyball (2011)

O que beisebol tem a ver com vendas e negócios? Assistindo “O homem que mudou o jogo” você entende a relação! Baseado na história real do treinador Billy Beane (interpretado por Brad Pitt), o filme mostra como fazer o melhor com poucos recursos. Essa mentalidade leva longe!
E uma curiosidade: o Diego Wagner, CEO da Meetime, adora esse filme e já usou de exemplo em um post aqui no blog!

  1. Joy: O nome do sucesso – Joy (2015)

Aí está uma história de empreendedorismo inspiradora!
Joy: o nome do sucesso é uma biografia da empresária Joy Mangano, interpretada no filme por Jennifer Lawrence. Criativa, mãe solteira – ela enfrentou muitos problemas até chegar ao sucesso e se tornar uma das empreendedoras mais admiradas dos Estados Unidos. É uma daquelas histórias motivantes que fazem a gente acreditar que o trabalho duro sempre compensa!

  1. Fome de poder – The Founder (2016)

Para saber como surgiu o Mc Donald’s, mas não só isso!
Fome de Poder conta a história de Ray Kroc, um vendedor de máquinas para milkshake que enxergou o potencial da pequena hamburgueria dos irmãos Dick and Mac McDonald – o que, anos depois, se tornaria um império alimentício.
Perguntamos aqui na equipe porque valia a pena ver o filme, e a melhor resposta foi: “Porque ensina a ser um filho da puta”. É verdade que o retrato de Kroc nesse filme não é lá muito cativante… Vemos que ele adota aquela postura de “custe o que custar” para fazer o negócio dar certo. Mas há muitas lições de empreendedorismo para além dessa postura!

  1. O primeiro milhão – Boiler Room (2000)

Cold call, persuasão, fechamento. Se você gosta de ver vendedores com “sangue nos olhos” em ataque, vai adorar esse filme! A expressão “boiler room” é usada para definir call centers que fazem outbound por telefone para vender investimentos duvidosos.
E o filme é exatamente isso: Seth é um jovem de 19 anos que é contratado por uma empresa para vender ações por telefone. A promessa é que todo funcionário conseguirá ganhar um milhão. Ambição, vendas agressivas e conflitos éticos. Só tome cuidado para não fazer besteira e começar a vender que nem esses caras!

  1. Jerry Maguire (1996)

Tem aquela famosa cena: “Show me the moneeeeyyy!”
Além de ser um clássico dos filmes sobre empreendedorismo e negócios, “Jerry Maguire” também é uma das atuações mais famosas do Tom Cruise. É a história de um agente esportivo que perde o emprego depois de ter uma crise de consciência e defender um tratamento mais humano com os atletas. Ele, então, funda a própria agência e, mesmo com apenas um cliente e uma parceira de negócios, se vira para fazer dar certo. Inspirador para gerentes, líderes e todo mundo!

  1. Cadillac Man (1990)

É uma comédia estrelada por Robin Williams e Tim Robbins. A história é a seguinte: Joey O’Brien é um vendedor de carros (daqueles típicos, sim) e tem um desafio: vender uma dúzia de carros em dois dias para quitar uma dívida.
Já parece difícil, mas fica ainda mais quando o marido de sua secretária desconfia de um caso amoroso e faz toda a concessionária de refém. Outro filme divertido para relaxar, rir e imaginar como seria bater a meta com alguém apontando a arma para a sua cabeça.

  1. Carros usados, vendedores pirados! – The Goods: Live Hard, Sell Hard (2009)

Você já deve ter notado: o estereótipo de vendedor de carros é tão real que inspirou muitos filmes!
Se em “Cadillac Man” vender uma dúzia de carros em dois dias já parecia muito, em “Carros usados, vendedores pirados!” o desafio é ainda maior: acabar com o estoque da loja em três dias e salvá-la da falência. A missão é dada a Don Ready (Jeremy Piven), um vendedor famoso por conseguir qualquer negócio, e sua equipe.

  1. De porta em porta – Door to Door (2002)

Nesse filme as lições não são só de vendas, mas também de vida!
“De porta em porta” é baseado na história real de Bill Porter, um vendedor que nasceu com paralisia cerebral e possui algumas limitações de movimento e fala. Apesar das dificuldades, preconceitos e rejeição, ele consegue um emprego – depois de aceitar a pior rota -, e se torna um top performer. É uma história sobre determinação, perseverança, superação e sucesso.
E aí, gostou das nossas recomendações? Aprender com filmes é legal, mas uma certificação em Inside Sales é ainda melhor! Faça o The Inside Sales Show:
banner_finalpost_TISS

Você pode gostar...