[Guest Post] 10 dicas para usar melhor seu CRM

Este artigo foi escrito pelo Alberto Brandão, da Moskit CRM.

Adquirir uma nova ferramenta é sempre um desafio. Tecnologia nova, diferentes propostas de trabalho e uma mudança de comportamento que afeta quase todo o time. Com um CRM não é diferente.

A equipe de vendas precisa mudar velhos hábitos e adaptar-se a uma nova forma de trabalhar. O processo pode levar algum tempo, mas depois de implantado, é fácil observar os resultados.

Segundo uma pesquisa realizada pela Salesforce, o retorno médio de um CRM é de quase 9 dólares por dólar investido. A pesquisa também identificou que um CRM aumenta as vendas em até 29%, a produtividade do time de vendas em até 34% e a acurácia das previsões em 42%.

Números como estes são o objetivo de qualquer empresa, mas para alcançá-los é preciso fazer um bom uso de tudo o que a ferramenta oferece. Organizei junto com o time de Customer Success do Moskit uma lista com as principais dicas para usar melhor o seu CRM e alcançar os melhores resultados.

1. Use o histórico a seu favor

Ao contrário do que pode aparecer, o histórico de vendas é muito mais importante do que apenas olhar para o passado.

Fazendo um bom uso do histórico é possível perceber tendências de compra e prever o comportamento dos clientes, podendo criar agendamentos de atividades e antecipar algumas vendas.

2. Mire nos dashboards

Um bom dashboard traz uma incrível visibilidade para toda a equipe. É interessante organizar diversos dashboards trazendo o que existe de mais importante para cada área da empresa.

Não apenas a gestão de vendas pode se beneficiar com as métricas do CRM, o time de Sucesso, os próprios vendedores e até mesmo a administração podem recorrer a informações que facilitem o trabalho

Trabalhe com múltiplos dashboards personalizáveis e aumente ainda mais o uso do seu CRM.

3. Existe sempre uma atividade pendente

Uma das práticas mais importantes de todo CRM é deixar sempre uma atividade agendada. Seja uma ligação, um envio de email ou uma verificação de status meses adianta para saber como estão as coisas, é importante um agendamento previsto.

Um prospect dentro do CRM sem atividade agendada certamente será esquecido.

4. Integre agendas e atividades

É importante que as atividades estejam integradas com a agenda dos vendedores. Assim, mesmo que o vendedor não esteja logado no CRM para receber a notificação, sua agenda lembra que existe um compromisso firmado com um determinado prospect.

A integração entre atividades e agendas é imprescindível para o sucesso de uma boa política de CRM.

5. Use modelos para mensagens

Mensagens de e-mails e comunicações via WhatsApp são frequentes no dia a dia do vendedor, e perder tempo redigindo mensagens pode ser muito oneroso. Fazer uso de modelos para mensagens pode reduzir em até 90% o tempo necessário para se comunicar.

Crie modelos para as situações mais frequentes e aumente sua produtividade.

6. Analisar conversões do funil de vendas

Um funil de vendas bem estruturado pode trazer inúmeras informações importantes, e saber ler esses insights é o que permitirá uma gestão de vendas ainda mais eficiente.

O ponto mais importante para acompanhar em seu funil de vendas é a diferença de conversões entre fases. Observe atentamente os percentuais em cada uma das etapas e crie políticas para que as quedas sejam cada vez menores, aumentando assim as taxas de conversão.

O gestor que observa estes números deve tomar um cuidado: não é possível resolver todos os problemas de uma só vez. Quando todos os números estão baixos, o mais eficaz é trabalhar mudanças em cada fase, gradualmente, até que todas alcancem números melhores.

7. CRM em qualquer lugar

Se não está no CRM, não aconteceu. Este é o lema número um da boa gestão de vendas. O problema é que, quanto mais um vendedor demorar para inserir as informações no sistema, menos precisos são os detalhes.

O vendedor deve utilizar o CRM na empresa, em seu computador pessoal ou em seu smartphone, e preencher todos os detalhes assim que terminar uma conversa.

8. Entradas de voz

Ainda na ideia de inserir dados rapidamente no CRM, de qualquer lugar, realizar entradas de voz para adicionar novas informações é uma dica de ouro para todo vendedor.

Nas boas ferramentas de CRM, com apenas um toque o vendedor pode gravar uma entrada de voz que será organizada na linha do tempo do seu negócio, facilitando consultas futuras e agilizando ainda mais o atendimento.

O foco deve ser sempre manter o CRM o mais completo possível.

9. Motivos de perda

Outro ponto crucial para o gestor de vendas é manter motivos de perda padronizados, permitindo observar com precisão os percentuais e entender o que precisa ser trabalhado para não perder mais vendas.

Além do trabalho para reduzir as perdas, é possível fazer o tratamento desses leads perdidos, organizando fluxos de nutrição para tentar recuperá-los.

10. Rigidez no controle de acesso

Os dados inseridos no CRM representam a produtividade de cada vendedor. Compartilhar senhas de acesso e permitir que várias pessoas utilizem a mesma senha pode parecer um gesto inocente, mas pode acabar com todo o propósito do CRM.

Métricas de vendas, perdas e produtividade são completamente afetadas, não permitindo identificar quem foram os melhores ou piores vendedores e nem criar uma política eficaz, contornando possíveis gargalos.

Este texto reúne as principais dicas para que o seu CRM traga os melhores resultados e permita uma visão completa do funil de vendas. Para aplicar estas dicas, é importante ter uma ferramenta completa e poderosa. Se você ainda não conhece o Moskit, clique aqui e faça um teste grátis agora.

Resumo
10 dicas para usar melhor seu CRM
Título do Post
10 dicas para usar melhor seu CRM
Descrição
Alberto Brandão, da Moskit CRM, criou uma lista com as 10 principais dicas para aproveitar ao máximo o seu CRM e alcançar resultados ainda melhores.
Autor

Você pode gostar também de...