Como trabalhar com vendas em 2018: os “faça” e os “não faça” que podem definir a decisão

como trabalhar com vendas

Esse artigo foi publicado originalmente aqui

Como trabalhar com vendas?

Na terceira parte desta série de contratação de vendas, eu irei explicar como é possível encontrar um trabalho com vendas em 2018, a partir da perspectiva do gerente de contratações.

Veja a Parte 1 e a Parte 2 deste conjunto de três partes, caso tenha perdido alguma coisa!

A partir de mais de 150 candidaturas, aprendi muito sobre o que os candidatos que dizem “quero trabalhar com vendas” devem fazer e o que certamente devem evitar.

Para ajudar pessoas que querem trabalhar com vendas, leia esta matéria e compartilhe com amigos que estão buscando uma profissão, seja trabalho com vendas ou não.

Mas vamos primeiro ouvir nosso candidato a trabalhar como vendedor vencedor…

Como trabalhar com vendas em 2018: “Faça” e “Não faça”

Do fundo do seu coração você diz: – Quero tarabalhar com vendas!

Pessoas que querem trabalhar com vendas precisam entender algumas atitudes fundamentais que um contratador procura.

Saber como trabalhar com vendas online, por exemplo, pode ser diferente do trabalho de vendas em campo.

Por isso, fique atento ao que faze e não fazer se você quer trabalhar como vendedor.

Como trabalhar com vendas: o que você DEVE fazer:

  1. FAÇA: Quando responder uma postagem no LinkedIn, se conecte e escreva uma mensagem atenciosa ao gerente de contratações. Não esqueça de escrever com espaços para facilitar a leitura em dispositivos móveis.
  2. FAÇA: Ao responder uma postagem no LinkedIn, faça com que amigos confiáveis se conectem a você.
  3. FAÇA: Faça um backchannel! Peça para alguém que conheça o recrutador, e que seja confiável na área, fazer uma introdução. Uma pessoa me foi apresentada por um vice-presidente de vendas conhecido. Isso já ajuda a chegar ao topo da lista.
  4. FAÇA: Trabalhe em seu LinkedIn. É o seu currículo público. Eu nem mesmo peço currículos dos interessados. Especialmente no segmento de vendas, seu LinkedIn contará a história de sua carreira. Se os seus números forem bons, você irá exibi-los. Na área de vendas, você usa estudos de casos e depoimentos. Vender a si mesmo é a mesma coisa. Você deve receber avaliações. Do contrário, corra atrás de algumas. Os clientes também querem ver isso. Obtenha alguns com seus colegas agora mesmo! Não espere.
Dica extra:

Outra coisa que ajuda é sua atenção aos detalhes, status, experiência, presença social, rede de contatos, etc. É tudo o que eu preciso saber para dar o primeiro passo no processo de entrevistas.

  1. FAÇA: Seja ativo no LinkedIn. Quero contratar pessoas que compartilhem conteúdos relevantes, que demonstrem paixão pela indústria e suas práticas, especialmente se sobrepõe com o processo de vendas. Quero ver pessoas engajadas no canal social onde seus clientes estão inseridos.
  2. FAÇA: Demonstre sua paixão e entusiasmo. Eu só contrato aqueles que tenham uma grande vontade de trabalhar aqui. São pessoas tão apaixonadas que é possível ver claramente. Elas vão em busca de ultrapassar seus limites. Vou escolher alguém apaixonado que queira ESTE emprego ao invés de alguém que seja ligeiramente melhor no papel 99% do tempo.
  3. FAÇA: Tenha uma foto de perfil adequada. A imagem é o vestuário no mundo dos negócios, exibindo um sorriso ou uma expressão amigável, sem chapéus ou óculos de sol. Faça com quem você pareça uma pessoa divertida de se conversar ao mesmo tempo que é um profissional e confiável. Lembre-se, você provavelmente estará iniciando um contato “frio” com as pessoas.
  4. FAÇA: Crie uma conta no Gmail, um e-mail pessoal ou um e-mail para seu LLC pessoal. Hotmail, Yahoo! e AOL indicam alguém que está desatualizado no que diz respeito a tecnologia, mesmo que não seja o caso. SBC Global, Earthlink – sem chance. Desculpe, mas talvez eu seja um esnobe dos servidores de e-mail.

Como trabalhar com vendas: o que você NÃO DEVE fazer:

  1. NÃO: Corra. Parece que algumas pessoas se atrapalham no momento de inserir o link do perfil noLinkedIn. Se não consigo acessar suas informações, como posso te contratar? Faça no seu tempo.
  2. NÃO: Fique chateado se eu não responder imediatamente. Tive uma conferência em Londres e fiquei a semana inteira viajando. Uma pessoa me encontrou no Instagram (o qual é um canal subestimado) e quando não respondi dentro de 48 horas, ela decidiu me dizer que não me seguiria mais devido à falta de respostas. Para dizer o mínimo, sei que não perdi nada.
  3. NÃO: Leve para o lado pessoal ou, ainda pior, não corte conexões. Vai ser uma decisão difícil de ser tomada com tantos bons candidatos se candidatando. Só posso contratar uma pessoa. O mesmo acontece em muitas caças a empregos. Dito isso, não fique chateado caso o escolhido não for você ou se não receber uma resposta do gerente de contratações, etc.

O melhor que você pode fazer é seguir e pedir por feedback, e dizer-lhes que, caso algum dia precisem de qualquer coisa, não devem hesitar em lhe procurar. Isso mostrará boa vontade, que é um ativo a longo prazo.

Espero que as dicas sejam úteis para quem quer saber como trabalhar com vendas!

Me siga no LinkedIn e no Instagram enquanto escrevo meu próximo livro sobre Career Hacking.

Bônus: Acompanhamento especial para nossos candidatos que não conseguiram o emprego

Eu não sabia o que fazer com os candidatos que eu recusei, mas, como um líder na área, eu não poderia escrever apenas um e-mail genérico dizendo: “Desculpe, mas não foi desta vez”.

Portanto, postei uma nota no LinkedIn pedindo a ajuda da comunidade.

Conheço inúmeras grandes empresas que estão contratando no momento, então fiz com que nomeassem suas empresas e me dissessem quais cargos estavam contratando.

Esta foi a postagem no LinkedIn:

“Olá pessoal. Eu tenho um ótimo problema e preciso de ajuda.

Tenho mais de 150 candidaturas (das boas) para nossa posição de Executivo de Parceria Comercial na Sales Hacker, mas eu só pude contratar uma pessoa.

Isso significa que eu precisarei deixar passar alguns ótimos vendedores. Como não posso fazer a contratação, gostaria da ajuda de vocês para que eles possam encontrar um lar em outro lugar.

Portanto, caso estejam contratando pessoas para os cargos de Inside Sales, por favor, comente o nome da sua empresa e qual cargo está oferecendo. Pretendo dar a eles opções para seguirem vocês.

Espero que isso dê certo como um benefício mútuo!”

No dia seguinte, a postagem tinha mais de 70.000 visualizações e mais de 100 comentários de pessoas anunciando suas empresas e posições em aberto.

Uma semana depois, havia 350.000 visualizações e 218 comentários.

*No dia em que escrevi este texto. Hoje há ainda mais!*

Peguei estes mais de 200 comentários, os filtrei por empresas qualificadas e fiz com que meu assistente virtual colocasse o nome da empresa, funções de vendas, localizações e perfis do LinkedIn para a pessoa que comentou, tudo em uma planilha.

Meu e-mail de acompanhamento para os candidatos que não conseguiram o emprego terá muitas outras opções e as pessoas certas a serem contatadas.

Eu continuarei a monitorar para ver se isso resultará em uma contratação para algum deles. É algo que fazemos por generosidade e é algo que nos divide, mas eu gostaria que não fosse assim.

Eu encorajo outras empresas a fazerem o mesmo e passar isso adiante. Como o CEO de uma empresa de vendas, sou o único que pode fazer esta contratação.

Portanto, se eu consigo fazer isso entre realizar uma conferência para 450 pessoas Londres e conduzir o processo de entrevista completo na Europa, não há motivo pelo que sua organização também não conseguiria.

Baixe o Kit Iniciante e comece a fazer Inside Sales

kit inside sales para iniciantes

Resumo
Como conseguir um trabalho em vendas em 2018: os “faça” e “não faça” que podem definir a decisão
Título do Post
Como conseguir um trabalho em vendas em 2018: os “faça” e “não faça” que podem definir a decisão
Descrição
Max Altschuler, CEO da SalesHacker, reuniu em um post dicas para conseguir um trabalho em vendas a partir da perspectiva de quem está contratando. Confira!
Autor

Você pode gostar também de...