• Gestão de Equipe
  • Vendas

Gestão de desempenho: conheça os principais indicadores para acompanhar

  • Por
  • 6 min
  • Publicado em 18 de maio de 2022.

Para uma grande parte das organizações modernas, as avaliações de desempenho são usadas para apoiar decisões relacionadas a treinamento e desenvolvimento de carreira, o que inclui: remuneração, transferências, promoções e até mesmo demissões. 

Não só por isso, nos últimos anos, a gestão de desempenho ganhou força por permitir que as empresas pudessem entender em quais pontos melhorar. Dessa maneira, impulsionando resultados tanto individuais quanto coletivos.

Inclusive, a prática é usada para aumentar o engajamento na organização, pois os colaboradores percebem que seu esforço é reconhecido. Neste artigo, vamos te explicar melhor como usar a gestão de desempenho como aliada!

O que é gestão de desempenho?

A gestão de desempenho é uma ferramenta que auxilia gestores no monitoramento e avaliação do trabalho de colaboradores dentro de uma organização. O objetivo é criar um ambiente propício para que as pessoas possam usar melhor as suas habilidades e trabalhar com a mais alta qualidade e eficiência 

Em meados dos anos 1970, o conceito surgiu pela primeira vez e assim começou uma jornada de tornar o processo mais objetivo, permitindo o dimensionamento do seu impacto no cotidiano da organização.

Inspirado no movimento de gestão por objetivos, as companhias começaram a especificar as metas dos colaboradores e pontuar os esforços deles em uma escala de 1 a 5, uma vez no ano. A ideia era ter uma base para pagamento justo, mas também para motivar os talentos

Por muitos anos, o sistema continuou sendo usado, mas ele apresentava falhas, porque restringia muito a avaliação dos profissionais. Um sistema de pontuação numérica não era algo funcional e nem agradava os profissionais. 

Afinal, a pessoa poderia estudar muito e se esforçar no momento que fosse feita a avaliação para obter a pontuação. No entanto, se formos pensar, o desempenho é uma construção do dia a dia, é injusto avaliar apenas um recorte da realidade. Foi então que um sistema moderno de avaliação passou a valer. 

Por que optar por uma gestão focada no desempenho?

Uma empresa que opta por uma gestão focada no desempenho cria um ambiente de trabalho não só mais saudável, mas também traz mais transparência. Isso acontece, pois o desenvolvimento dos colaboradores é feito com base em resultados de diagnósticos de competências tanto individuais como organizacionais. 

Mais do que isso, a gestão de desempenho é um instrumento bastante eficaz por mostrar como é a atuação de cada profissional, avaliando atividades e responsabilidades. Inclusive esse tipo de gerenciamento é fundamental para evidenciar o retorno do investimento que as empresas fazem nesses profissionais. 

Além, é claro, de ser a maneira mais justa de demonstrar reconhecimento pelas conquistas dos profissionais, seja por meio de uma promoção ou aumento de salário.  Uma gestão de treinamento bem executada sustenta programas de treinamento e planos de carreira, servindo de base para a formação de novos líderes, planejamento de sucessão, entre outros. Ou seja, ela deixa mais claro para o colaborador o processo para ele se desenvolver na carreira. 

Outro ponto importante sobre a gestão de desempenho é que ela ajuda a criar uma cultura forte de feedback. Com isso, tanto gestores quanto colaboradores conseguem acompanhar suas respectivas performances e ainda obter orientações sobre como atingir o nível de excelência. 

Aliás, quer aprender como formar líderes de vendas? Confira o episódio do Cast For Closers com a Camely Rabelo: 

Quais os indicadores acompanhados por uma gestão de desempenho?

Métricas são o que não faltam quando se trata de gerenciar pessoas. Mas, quais são os Indicadores de desempenho que geram maior impacto no negócio? Confira a seguir!

Produtividade dos colaboradores

De acordo com um estudo da Universidade Western Michigan University, bons feedbacks são capazes de aumentar de 5% a 20% a produtividade da equipe. Aliás, a produtividade é um dos indicadores mais importantes da gestão de desempenho. 

Para chegar ao resultado é medido a relação entre o que foi produzido e os recursos investidos para tal. Cabe mencionar que, quando falamos de produtividade existem dois caminhos: 

  • produzir mais com menos recursos; 
  • e realizar mais tarefas em um curto espaço de tempo. 

Vale a pena conhecer cada um deles para saber qual faz mais sentido para a sua empresa naquele momento. Os indicadores de produtividade podem ser medidos de diferentes maneiras, por exemplo, por meio da análise da lucratividade do negócio, ou mesmo por meio da capacidade de produção dos seus colaboradores em determinado tempo.

Aliás, para promover uma maior produtividade entre os times é interessante investir em treinamentos. Baixe a nossa Planilha Treinamento de SDR’s e BDR’s. Um modelo de treinamento de prospecção para influenciar os resultados de times de SDR’s.

Taxa de turnover

A taxa de turnover tem grande relevância no contexto de gestão de desempenho. Por meio dela, medimos a saúde de uma empresa quanto a retenção de talentos em seu quadro de colaboradores. Ou seja, quando esse número está muito alto, significa que há perdas não só de dinheiro, mas também de tempo e pessoas, prejudicando o desempenho do negócio como um todo. 

Para fazer o cálculo da taxa é bem simples, basta considerar o número de desligamentos em um determinado período e dividi-lo pelo número médio de colaboradores, o resultado deve ser multiplicado por 100 para se chegar no percentual. 

No geral, o turnover ideal vai variar de acordo com o segmento de cada organização. No entanto, é aconselhado que esse número permaneça em torno de 5%. Cabe destacar que o cálculo deve ser feito com base em um período de 12 meses. 

Employee Net Promoter Score (eNPS)

O Employee Net Promoter Score é derivado do Net Promoter Score, que mede a satisfação dos clientes em relação à empresa. No caso do eNPS, é mensurada a disposição dos colaboradores em recomendar o local de trabalho para outras pessoas. 

A escala de avaliação é bem simples. De 0 a 10, o quanto você recomendaria a empresa para seus amigos e família? Assim, eles são classificados em três grupos: 

  • 0 a 6 (detratores): colaboradores altamente insatisfeitos com a organização; 
  • 7 e 8 (passivos): colaboradores que não estão emocionalmente investidos nem desengajados; 
  • 9 e 10 (promotores): colaboradores leais e que falam bem da empresa, contribuindo para o fortalecimento da marca empregadora.

O eNPS é uma ferramenta que oferece ao RH uma boa compreensão sobre a percepção dos colaboradores. O indicador é estratégico na gestão de desempenho, pois a insatisfação pode levar a uma baixa na produtividade, sem contar que ele oferece insumos que ajudam na criação de estratégias focadas em melhoria. 

Além disso, ele é um canal de acolhimento para o profissional, visto que eles são escutados e com isso tem a chance de participar ativamente na construção de melhores ambientes de trabalho.

Como estruturar uma gestão focada no desempenho?

Ainda tem dúvidas sobre como estruturar uma gestão focada no desempenho? A gente sabe que essa não é uma tarefa simples e exige esforço não só do RH, mas de todos os setores da empresa, afinal, isso impacta na rotina de colaboradores e gestores. Vamos te ajudar nessa tarefa!

Alinhe expectativas

Gestores e colaboradores precisam ter as expectativas alinhadas quanto às metas da empresa. O que é esperado de cada profissional? É necessário essa clareza sobre o papel dos colaboradores dentro da organização e mostrar para eles qual o desempenho esperado. 

Estar aberto a questionamentos levantados pela equipe é importante na hora de definir o que será cobrado na análise de desempenho. Por exemplo, se você está montando um time de vendedores, precisa deixar explícito na job description quais funções serão desempenhadas. Até mesmo porque, um time comercial é formado por cargos distintos, ainda mais em se tratando de Inside Sales

Tenha uma comunicação clara

Uma cultura de comunicação é responsabilidade de toda empresa, começando pela alta liderança e refletindo em todos os setores. Gestores que adotam esse tipo de postura conseguem auxiliar no desenvolvimento de toda equipe. 

Quando falamos sobre comunicação transparente é preciso lembrar que isso inclui:

  • compartilhar com o colaborador o que é desejado da parte dele;
  • oferecer sugestões de treinamento para que eles alcancem seu máximo potencial por meio de metas viáveis;
  • fornecer feedbacks orientados;
  • reconhecer quando as metas forem cumpridas. 

Avalie desempenho e acompanhe resultados

A próxima etapa é avaliar o desempenho do colaborador e todo o trabalho desenvolvido por ele. É preciso entender as habilidades técnicas, comportamentais e potenciais de cada profissional. O RH deve definir a métrica usada, levando em consideração a cultura da empresa e seus objetivos organizacionais. 

Geralmente, as avaliações 360 graus e 180 graus, autoavaliação e avaliação por competências são as mais utilizadas pelas lideranças. A partir dos dados obtidos, os gestores vão fazer as análises e tomadas de decisões de acordo com a gestão de desempenho, o que inclui desde promoções até desligamentos. 

A avaliação precisa vir atrelada a feedbacks completos. Assim, será possível realizar um acompanhamento mais próximo dos resultados. 

Conclusão

Gestão de desempenho é assunto sério para as empresas que querem direcionar melhor seus colaboradores, levando em consideração seus objetivos ao longo do tempo. Como vimos, é um processo que exige dedicação não só do RH, mas também dos gestores de área e dos próprios colaboradores. 

Se você é gestor, sabe que esse processo começa bem antes, ainda na seleção dos melhores profissionais para o seu quadro de colaboradores. Portanto, para te ajudar na missão de contratar os melhores vendedores, nós preparamos um material especial. Baixe agora a nossa  Planilha de Recrutamento e Seleção de Vendedores!

Sarah Rios

Sarah Rios

Analista de Conteúdo na Meetime

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja mais assuntos relacionados:

Veja também

Mais informações sobre Inside Sales para você. Veja:

Acompanhe todas as novidades
sobre Inside Sales

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro do assunto!

Obrigado! Seu cadastro foi realizado com sucesso. 😉