Está contratando? Tudo o que você precisa saber + os melhores modelos de descrição de vagas para vendas

modelos de descrição de vagas de vendas

Início de ano é o momento de fazer planejamento, certo? Empresas fazem projeções, definem suas metas e como chegarão lá. Em vendas, uma das principais ações de um ano para o outro é: vamos contratar mais.

E justamente por ser um processo crucial em qualquer empresa, temos uma série de recursos voltados para auxiliar você, o recrutador, nessa tarefa:

Mas antes de entrevistar e escolher os melhores talentos, é preciso atraí-los!

Neste post, vamos abordar:

  1. Quais os componentes de uma descrição de vaga focada em atrair talentos;
  2. Modelos de descrição de vagas para vendas;
  3. Como ser encontrado e facilitar a candidatura de interessados;
  4. O que você precisa saber sobre a reputação da sua empresa online.

Vamos lá?

Componentes de uma descrição de vaga para atrair talentos

Atrair talentos, de forma semelhante a conquistar clientes, tem tudo a ver com gerar interesse e senso de urgência. Trish Bertuzzi, uma das principais referências mudiais quando assunto é vendas e encontrar talento, diz que é preciso escrever uma Job Description (descrição de emprego), não uma Sleep Prescription (receita para dormir). Então o candidato precisa saber não só o que vai fazer, mas no que vai se desenvolver, etc.

Enquanto está buscando uma nova oportunidade, o candidato quer sentir aquele rush criado pela “oportunidade perfeita” e é possível fazer isso combinando um bom copywriting com alguns gatilhos mentais, como:

  • Escassez e urgência: a visualização da vaga, por si só, já estimula este gatilho mental. Afinal, na maioria dos casos, existe apenas uma vaga disponível para cada cargo. Mas você pode estimular o candidato ainda mais ao utilizar chamadas como “Candidate-se já” ou “Quero me candidatar” em formulários para envio.
  • Prova social: esse é um dos recursos mais poderosos em vendas! Ter alguém da sua rede de contatos, ou um par, validando uma escolha é algo sem preço. Por isso, peça para os seus atuais colaboradores compartilharem as vagas com pequenos depoimentos nas redes sociais, ou utilize essas opiniões em sua página de recrutamento (falaremos sobre isso mais adiante).
  • Reciprocidade: o grande lema aqui é “gentileza gera gentileza”. Mas reciprocidade pode significar motivação em troca de benefícios. Funcionários se sentem mais motivados e dedicados à empresa quando vêem um propósito no que estão fazendo e quando estão satisfeitos com o que estão recebendo. Isso pode significar plano de saúde e odontológico, perspectiva de crescimento da empresa e seu próprio crescimento profissional, etc. Quando a empresa dá, ela recebe, e quando o funcionário recebe, ele dá.
  • Antecipação: mexe com as expectativas em relação ao futuro. A antecipação pode ser aplicada como o “objetivo de crescimento da empresa”. Algo como “queremos liderar o mercado de X. Quer nos ajudar nessa missão?”.
  • Novidade: quem nunca preferiu o brinquedo novo e brilhante em detrimento do antigo? Pois é, as pessoas adoram uma novidade. Pode ser desde o ambiente de startup até a novidade do cargo, um novo mercado, um novo tipo de cliente, etc. Aproveitar o conceito de novidade é uma ótima forma de atrair jovens talentos!

Esses gatilhos vão estar integrados nos diferentes componentes da sua descrição de vaga. Abaixo, descrevemos quais são esses componentes e como você pode explorá-lo da melhor forma possível (com foco na conversão, claro!).

Pronto?

  1. Nome do cargo – claro!

O nome do cargo precisa ser claro e reconhecível. Procure usar os termos mais utilizados no mercado, sem grandes invenções ou variações. Qualquer função diferencial pode ser detalhada na descrição da vaga posteriormente.

Se sua empresa tem uma estrutura organizacional semelhante ou se inspira em empresas americanas, tudo bem utilizar o tempo em inglês. Mas coloque o correspondente em português também! Quando falamos em publicar vagas na internet, é preciso se preocupar também com SEO e Keywords.

Sua publicação (afinal, você está publicando conteúdo na internet) precisa ter os termos de busca mais utilizados e de maior volume. Sem isso, sua página será muito difícil de ser encontrada organicamente por pessoas que estão fazendo uma busca geral no Google.

Dica! Se possível, utilize variações no gênero no cargo. Utilizar “Vendedor (a)” incentiva a proximidade de candidatas mulheres e ajuda na diversificação da sua empresa.

  1. Breve resumo para atiçar o interesse do candidato

Assim como o início de um post deve prender o leitor e fazer com que ele se interesse e continue lendo, o início de uma descrição de vaga precisa “chegar chegando”. Nada de começar com “Venha trabalhar conosco! Somos uma empresa jovem do mercado de tecnologia…”. Em duas linhas o candidato já está entediado e provavelmente não vai se candidatar.

A anatomia de um resumo perfeito é a seguinte:

  • Comece o texto sob o ponto de vista do candidato, abordando interesses, experiências e características (que você procura) ou falando sobre o que ele pode estar procurando e encontrará na sua empresa.

Exemplo real 1: Se você ama tecnologia, é muito bom em liderar times, já trabalhou anteriormente com gestão de anúncios pagos e […], prepare-se para fazer parte do time [empresa] 🙂

Exemplo real 2: Você está buscando estágio em uma startup de crescimento acelerado, com uma forte cultura, e quer aprender e se desenvolver todos os dias? Então essa vaga foi feita para você!

  • “O Fit”.

“O Fit” nada mais é do que estimular a proximidade entre o que você está oferecendo e o que a pessoa está buscando. Nos exemplos acima, são os trechos “Então essa vaga foi feita para você!” e “prepare-se para fazer parte do time [empresa]”. De forma semelhante ao fit de um cliente com a sua empresa, ter fit com o candidato vai definir se existe alguma chance da relação (profissional) de vocês ir adiante.

  • Breve descrição da vaga. Você deverá incluir:
    • Missão/foco, área de atuação e responsabilidade iniciais;
    • Possíveis desafios a serem enfrentados (como prospecção de um novo mercado, por exemplo).

Millenials, também conhecidos pelo termo Geração Y, são hoje a principal força de mercado e continuarão sendo pelos próximos anos. E saber como recrutá-los e conquistá-los é essencial. Inclusive, temos um conteúdo totalmente dedicado a isso. Aqui, vale mencionar que esses indivíduos normalmente são movidos por Maestria, Autonomia e Propósito, como explica Daniel Pink no livro Drive. Explorar esses pontos na vaga pode ser vital.

Aqui não é necessário entrar em muitos detalhes, ok? A lista de responsabilidades virá a seguir.

  1. Funções, responsabilidades, desafios e o que é esperado do cargo

Descreva o que a pessoa vai fazer no dia a dia. A melhor forma de fazer é através de uma lista, pois a absorção da informação é mais rápida. Veja alguns exemplos abaixo:

  • Conduzir a primeira etapa do processo de vendas;
  • Qualificar oportunidades utilizando frameworks de vendas, realizar apresentações e demonstrações iniciais da plataforma para o prospect;
  • Desenvolver relacionamento com os leads;
  • Avaliar e qualificar potenciais clientes;
  • Lidar com um grande número de contatos através de e-mail e telefone;
  • Identificar e entender os maiores desafios dos organizadores de eventos;
  • Abastecer o time de vendas.

Pelas funções acima, é possível perceber que essas são competências de pré-vendedores. É justamente essa a função desta parte da descrição, mostrar à pessoa o que está por vir. Se ela odeia falar no telefone, já entenderá que este cargo não existe fit.

  1. Características desejadas

Relacionado à cultura da empresa, aqui você poderá especificar o que a empresa procura em uma pessoa. Falamos sobre cultura organizacional em Vendas com Deli Matsuo no Casts For Closers (você pode ouvir abaixo) e o primeiro passo para não perder de vista os valores culturais no momento de escalar é buscar pessoas que tenham as características desejadas.

Veja abaixo alguns exemplos de como fazer isso:

  • Ser corajoso, experimentar novas formas de fazer as coisas e gostar de fazer o que nunca foi feito
  • Domínio da língua portuguesa e facilidade com tecnologia
  • Possuir perfil analítico e orientado a resultados
  • Queremos alguém resiliente, motivado, competitivo, organizado, orientado a metas e capaz de gerenciar múltiplos contatos
  • Sangue nos olhos: pró-atividade, aprendizado rápido e foco
  • Tenha espírito de equipe

Esse é mais um filtro de personalidade para a sua empresa. Pessoas tímidas podem ter dificuldade em trabalhar em equipe, por exemplo. Já atletas tendem a desempenhar super bem em vendas (falamos sobre isso aqui e aqui),  pois são pessoas competitivas e que gostam de obter sucesso.

  1. Qualificações / formação

Esta é a parte tradicional das descrições de vagas e inclui a formação desejada, nível de escolaridade, línguas necessárias e outras vantagens competitivas. Essas vantagens podem ser, por exemplo, experiência com SaaS e empresas de tecnologia, experiência anterior em vendas ou participação em empresa júnior, leitura de um livro ou ter completado uma certificação em vendas, como o nosso The Inside Sales Show.

  1. Benefícios

Liste o que você está oferecendo! Você deve incluir o regime de contratação, salário e outras compensações financeiras (variável, por exemplo), plano de saúde, VT/VR, etc. Outras informações como [no] dress code, possibilidade de home office, ambiente de trabalho com jogos, verba para cursos, etc., também ajudam no momento de despertar o interesse.

  1. O processo seletivo

Esta não é uma informação muito popular mas transparência pode ajudar, e muito, no gerenciamento da expectativa do candidato. Ao entender as etapas do processo seletivo, ele é capaz de se preparar para cada uma delas, sabe quando terá retorno e o tempo que vai demorar até que a empresa tome uma decisão. Exemplo:

  • Análise de currículo
  • Prova escrita, exercício prático ou teste
  • 30 minutos de conversa com o(a) gestor(a) da área (online)
  • Simulação
  • Entrevista com o CEO para alinhamento de FIT cultural
  1. Sobre a empresa

O último componente: é hora de falar sobre você! Faça um resumo sobre a sua missão, o objetivo da sua empresa, como ela ajuda clientes, data de fundação, localização, número de colaboradores, etc.

Abaixo está um exemplo curto, mas existem muitos outros modelos. Dê uma olhada no que os seus parceiros e concorrentes estão fazendo e se inspire!

A mobLee é a plataforma digital para eventos líder na América Latina. Já resolvemos problemas de mais de 1.500 eventos. Já são mais de 7 anos de história na belíssima ilha de Florianópolis, trabalhando com clientes no Brasil, Argentina, México, Estados Unidos, Reino Unido, França e Tailândia.

Depois de mostrar todos esses componentes, é importante ressaltar que é possível alterar a ordem de alguns deles! Em alguns casos, o “sobre a empresa” vem primeiro, enquanto em outros é a última parte.

Modelos de descrição de vagas para vendas – personalize e utilize já!

Como cada empresa é uma, vamos disponibilizar modelos de descrição de vagas com os seguintes componentes, com base no que observamos no mercado:

  • Nome do cargo
  • Breve descrição
  • O que é esperado deste cargo
  • Característica desejadas
  • Qualificações

Sua tarefa será personalizar a descrição para incluir algo sobre a sua empresa, revisar as qualificações desejáveis para ter certeza que atende às suas necessidades e adicionar os benefícios e “sobre a empresa”.

  1. Pré-vendas – Sales Development Representative (SDR) ou Business Development Representative (BDR)

Você é uma pessoa comunicativa, analítica, motivada e curiosa? Uma carreira em vendas pode ser ideal para você!

Buscamos uma pessoa focada em resultados, apaixonada pelo mundo de [SEU SETOR], que adore desafios e curta se desenvolver constantemente para compor a nossa área de Inside Sales (Vendas). Como SDR/BDR, você será o primeiro contato da empresa com possíveis clientes, responsável por realizar ligações e qualificar leads em oportunidades (Inbound ou Outbound).

O que é esperado deste cargo:

  • Conduzir a primeira etapa do nosso processo de vendas;
  • Avaliar e qualificar leads utilizando as principais metodologias de vendas, a fim de encontrar as melhores oportunidades;
  • Identificar e entender os maiores desafios dos leads;
  • Desenvolver o relacionamento com os leads;
  • Agendar reuniões para os vendedores da equipe de Inside Sales.

Você vai se dar bem se:

  • Gostar de falar ao telefone! Uma das suas principais tarefas será fazer ligações;
  • For resiliente, motivado, competitivo, organizado, orientado a metas e capaz de gerenciar múltiplos contatos
  • For proativo, aprender rápido, tiver foco, interesse em [SETOR]
  • Trabalhar bem em equipe
  • Raciocínio lógico e rápido

Requisitos:

  • Ensino superior cursando ou completo;
  • Comunicação oral e escrita impecáveis.

Diferenciais:

  • Conhecimento básico de Inside Sales: funil de vendas, as etapas e impactos de cada fase no processo como um todo;
  • Experiência em vendas, ter lido livros sobre vendas (SPIN Selling, Receita Previsível, etc.) ou ter uma certificação online em Inside Sales (Hubspot, TISS, Universidade Rock ou RD University);
  • Espanhol ou Inglês fluente.
  1. Consultor (a) de Inside Sales – Vendedor Interno

Se você gosta de lidar com pessoas, adora adrenalina e quer oportunidade para crescer profissionalmente e se destacar, venha fazer parte da nossa equipe de Inside Sales! Queremos dominar o mercado de [SEU MERCADO] e você, como Consultor/Vendedor Interno, estará na linha de frente dessa missão! Você será responsável por criar, manter e prever o pipeline de vendas, adquirir novos clientes e trabalhar em conjunto com todo o time. Ficou interessado?

O que é esperado deste cargo:

  • Realizar ligações e videoconferências com leads Inbound/Outbound
  • Identificar, qualificar e desenvolver oportunidades de vendas;
  • Realizar diagnósticos e demonstrações/apresentações de propostas comerciais;
  • Fazer follow-ups com oportunidades;
  • Negociar com os clientes e efetivar vendas;
  • Gerenciar o pipeline e forecast de vendas;
  • Se manter engajado em programas de treinamento, coaching e certificações para capacitação contínua.

Você vai se dar bem se:

  • Gostar de pessoas! Trabalhamos com vendas consultivas, ou seja, é preciso se preocupar com o sucesso do cliente, não apenas com fechar a venda e receber a comissão;
  • Tiver facilidade com ferramentas de busca na internet.
  • For resiliente, motivado, competitivo, organizado, orientado a metas e capaz de gerenciar múltiplos contatos;
  • For proativo, aprender rápido, tiver foco, interesse em [SETOR];
  • Trabalhar bem em equipe;
  • Raciocínio lógico e rápido;
  • Boa capacidade de persuasão e argumentação.

Requisitos:

  • Ensino superior completo;
  • Comunicação oral e escrita impecáveis.

Diferenciais:

  • Conhecimento de Inside Sales: funil de vendas, as etapas e impactos de cada fase no processo como um todo;
  • Experiência em vendas B2B;
  • Ter experiência na utilização de softwares CRM;
  • Ter lido livros sobre vendas (SPIN Selling, Receita Previsível, etc.) ou ter uma certificação online em Inside Sales (Hubspot, TISS, Universidade Rock ou RD University);
  • Espanhol ou Inglês fluente.
  1. Gestor (a) ou Gerente de Vendas – Sales Manager

Tem experiência com Inside Sales? Já liderou ou está pronto para liderar um time de vendas de alta performance totalmente focado em resultados? Então você pode ser a pessoa que estamos procurando, um(a) Gerente de Vendas capaz de treinar nossos atuais talentos e otimizar processos em busca de melhores resultados.

Gerentes de Vendas são responsáveis, entre outras coisas, por ajudar seus consultores a atingirem as metas de vendas individuais e coletivas, fazer o forecast de vendas semanal e mensal; acompanhar o pipeline dos vendedores, bem como métricas de atividades e KPIs de vendas; fazer coaching, treinamento, recrutamento, contratação e onboarding de novos consultores.

O que é esperado deste cargo:

  • Liderar time de Inside Sales;
  • Ser dono na meta de sua equipe e batê-la consistentemente;
  • Gerenciar os principais indicadores das áreas;
  • Recrutar novos integrantes para o time e fazer o onboarding;
  • Treinar e fornecer coaching para os vendedores;
  • Interface com o time de marketing para garantir sempre o melhor perfil de leads (SLA);
  • Conduzir o forecast de vendas semanalmente;
  • Analisar os indicadores de performance e atividades da equipe;
  • Melhorar constantemente o processo comercial existente;
  • Quando necessário, acompanhar os vendedores em calls;
  • Revisar e atualizar o Playbook de Vendas (pitch e scripts de vendas);

Requisitos [VAI DEPENDER DA MATURIDADE DA SUA EMPRESA E DO TAMANHO]:

  • Superior completo;
  • Experiência de pelo menos de 2 anos como Inside Sales;
  • Entendimento de vendas consultivas e os respectivos frameworks;
  • Preocupação de forma genuína com os nossos clientes.
  • Habilidades e experiência no desenvolvimento e gestão de times:
    • Motivação de pessoas;
    • Treinamentos;
    • Recrutamento e seleção de talentos.

Diferenciais:

  • MBA ou pós-graduação em vendas ou gestão de pessoas;
  • Sucesso comprovado como gestor em time de Inside Sales (diferencial);
  • Experiência em [setor ou tipo da sua empresa];
  • Familiaridade com [CRM ou outras ferramentas utilizadas na sua empresa].
  1. Treinador de Vendas – Sales Trainer/Sales Coach

Se você gosta de lidar com pessoas, adora a adrenalina de vendas e procura uma experiência para desenvolver suas habilidades de gestão e treinamento de pessoas antes de se tornar um gerente de vendas, esta é a oportunidade perfeita! Estamos em busca de um Treinador de Vendas para assistir o crescimento da nossa equipe de Inside Sales.

Como Treinador de Vendas, você ficará responsável por desenvolver as metodologias de onboarding e treinamento de novos consultores de Inside Sales, trabalhar em parceria com os gerentes e minimizar o tempo de ramp-up.

O que é esperado deste cargo:

  • Ajudar no treinamento prático de ferramentas e softwares utilizados em Inside Sales.
  • Conduzir o treinamento de novos vendedores/SDRs e desenvolver planos de treinamento individuais para vendedores/SDRs com baixa performance, em conjunto com os gestores;
  • Organizar e agendar orientações e outros eventos de treinamento (como palestras externas) para indivíduos e times;
  • Desenvolver as metodologias de onboarding e treinamento de novos consultores de vendas;
  • Desenvolver políticas para medir performance de vendas e formas de avaliar os conhecimentos da equipe (como provas e certificações internas);
  • Realizar orçamentos para eventos de treinamento da equipe;
  • Estar sempre atualizado em relação às tendências de Inside Sales e do mercado de atuação da empresa.

Requisitos:

  • Superior completo;
  • Experiência de pelo menos de 1 ano e meio como Inside Sales;
  • Capacidade de transmitir conhecimento técnico
  • Perfil analítico para identificar melhorias em cada vendedor

Diferenciais:

  • MBA ou pós-graduação em vendas ou gestão de pessoas;
  • Experiência em [setor ou tipo da sua empresa].
  1. Sales Operations ou Sales Ops

Já trabalhou com Inbound Marketing e/ou Inside Sales? Gosta de dados e sabe como analisá-los? É um(a) mestre no Excel? A posição de Sales Ops pode ser perfeita para você.

O profissional de Sales Operations é responsável por coletar e avaliar informações e dados gerados por marketing, vendas e CS, utilizando essas informações para maximizar a produtividade e a eficiência de vendas. Procuramos alguém capaz de analisar dados e gerar insights a fim de melhorar nossos resultados.

O que é esperado deste cargo:

  • Coletar e analisar dados para determinar a eficiência de uma estratégia ou campanha;
  • Gerenciar ferramentas e plataformas relevantes para o trabalho de marketing e vendas;
  • Participar dos forecasts de vendas, reconhecendo padrões antigos e encontrando as melhores estratégias para o futuro;
  • Elaboração e implementação de novas estratégias e planos de vendas alinhados com os dados coletados;
  • Identificar gargalos nas operações de Marketing e Vendas;
  • Auxiliar os times de Marketing e Vendas para aumentar os resultados entregues.

Requisitos:

  • Superior completo nas áreas de Engenharia, Economia, Administração e afins;
  • Experiência com análise de dados;
  • Atenção a detalhes e pensamento analítico;
  • Comunicação oral e escrita impecáveis;
  • Ser uma pessoa proativa e focada em resolução de problemas.

Diferenciais:

  • MBA ou pós-graduação em vendas ou gestão de pessoas;
  • Familiaridade ou interesse com processos e automações de marketing e vendas;
  • Conhecimento avançado em BI e Excel.
  1. Diretor (a) de Vendas ou Sales VP

Aqui vale uma ressalva: esse é um cargo extremamente estratégico, frequentemente preenchido sem descrição de vagas e sim com prospecção ativa. Muitas vezes esse processo é auxiliado por empresas terceiras (na figura dos Headhunters), pois os profissionais mais estelares provavelmente já estão empregados.

Se a empresa desejar buscar via descrição de vagas, segue abaixo:

Estamos em busca de um profissional experiente em vendas para liderar o próximo passo da [EMPRESA]: levar a empresa de R$ 500 mil em ARR para R$ 5 milhões em ARR [OBJETIVO EXEMPLO].

O que é esperado deste cargo:

  • Liderar toda a área de Inside Sales;
  • Definir, juntamente com a diretoria e os gerentes de vendas, as estratégias e metas do time de vendas;
  • Definir, juntamente com a diretoria e os gerentes de vendas, as táticas usadas em vendas (pitchs, lead gen, etc.);
  • Reportar para os sócios e board of director;
  • Trabalhar o relacionamento com grandes clientes;
  • Participar das negociações e renovar contratos de grandes clientes;
  • Empoderar e desenvolver os gerentes comerciais;
  • Avaliar e conduzir as promoções dentro do time comercial
  • Recrutar novos talentos para a empresa.

[Você também pode incluir expectativas dependendo do momento da sua empresa]

  • Escalar o time de X para 10X em [Y tempo].
  • Conquistar o faturamento de R$ X milhões em 24 meses.
  • Liderar a expansão internacional da companhia.

Requisitos [VAI DEPENDER DA SENIORIDADE DA SUA EMPRESA E DO TAMANHO]:

  • Superior completo;
  • Experiência 10+ anos em Vendas (parcialmente em Inside Sales);
  • 7+ gerenciando times de Inside Sales com mais de 10 vendedores;
  • Sucesso comprovado em atingimento de meta [PODE INCLUIR FATURAMENTO ANUAL]
  • Experiência em negociação de contratos;
  • Experiência no trabalho com mid-market/enterprise;
  • Ótimas habilidades organizacionais e perfil adaptável;
  • Afinidade com ambientes de crescimento acelerado;
  • Inglês avançado ou fluente.

Diferenciais:

  • MBA ou pós-graduação em vendas ou gestão de pessoas;
  • [OUTRAS LÍNGUAS, SE NECESSÁRIO PARA A SUA EMPRESA].

Como ser encontrado e facilitar a candidatura de interessados

A força de trabalho hoje pertence à Geração Y. Esses profissionais jovens,que estão dando os primeiros passos no mercado, estão ávidos por experiência e buscam uma oportunidade para crescer. Isso tudo, juntamente com a facilidade de lidar com tecnologia, os torna perfeitos para trabalharem com Inside Sales.

A fim de atraí-los, é preciso pensar em onde estão essas pessoas. Quais canais de comunicação utilizam? Como procuram por empregos? A resposta: online.

O ambiente online é o preferido pelos millennials, seja para o lazer e pesquisa, seja para o networking,  e procura de oportunidades de emprego. E é aí que você, recrutador, precisa estar presente e facilitar o “ser encontrado”. Como?

  1. Redes Sociais

Já sabemos que as redes sociais são ótimas para relacionamento da marca e para encontrar bases de leads (já mostramos como prospectar no LinkedIn, e Facebook e Instagram são clássicos para anúncios patrocinados). Mas elas também podem ser muito bem aproveitadas para fazer relacionamento com possíveis candidatos, muitos dos quais nunca ouviram falar de você.

Existem diversas opções para isso:

    1. Página da empresa no Instagram, Facebook e LinkedIn

A sua página pode, sim, ser um canal para divulgar vagas. Da publicação na sua timeline ao patrocínio de posts relacionados ao recrutamento, essas redes permitem trabalhar tanto com a base que você já alcança até com segmentação segundo o perfil de pessoa que você procura.

Alguns cuidados que você precisará ter:

  • Seja breve na sua oferta! Ninguém mais lê “textão”, ainda mais quando são detalhes de uma vaga de emprego. Faça um resumo da sua oferta de vaga e adicione um link (curto!). As pessoas interessadas entrarão nesse link e vão se candidatar;
  • Trabalhe a segmentação de forma inteligente! É possível segmentar de acordo com a região, faixa etária, formação, empresas que trabalhou, cargos que ocupou. Utilize essas informações, disponíveis nas bases de dados das redes sociais, a seu favor!
  • Utilize imagens e vídeos atraentes! Imagens e vídeos têm um grande impacto nas redes sociais. Elas chamam a atenção em uma timeline que está repleta de vídeos e imagens de cachorros e gatinhos. Por isso, tenha algo (profissional) que destaque a sua publicação.
    1. Publicação de vagas no LinkedIn

Muitas empresas pulam a etapa de publicar suas vagas no LinkedIn, mas a rede é muito utilizada por profissionais em busca de oportunidades e recolocação no mercado. A página LinkedIn Jobs facilitou ainda mais a pesquisa, já que é possível pesquisar por região, cargo, senioridade, time, região/cidade e até em empresas específicas.

Além disso, os usuários podem criar parâmetros de alertas para vagas que estejam buscando (campo Interesses de carreira). Ou seja: ao adicionar uma vaga lá, é possível que tenha candidatos interessados imediatamente.

    1. Publicação em grupos no Facebook e LinkedIn

Grupos são ótimas formas de encontrar pessoas que não conhecem a sua empresa, ou que não têm nenhum tipo de link com seus contatos. No Facebook e no LinkedIn, existem grupos específicos para compartilhamentos de vagas em determinadas cidades, entre pessoas com a mesma formação (grupos de cursos universitários, por exemplo) ou para uma grande número de estudantes e recém-formados (em SC, por exemplo, existe um grupo da UFSC).

Explore essas opções, se fizer sentido para o seu negócio ou a região onde está inserido. Se sua empresa for nova, pode ser uma ótima forma de ter visibilidade!

  1. Ofertas das vagas em sites de emprego (e de fácil acesso)

Sabe aqueles sites que permitem que você cadastre suas vagas, mas que exigem que o candidato se cadastre, cadastre um cartão de crédito, complete um questionário sobre a vida toda, faça um resumo, dê três pulinhos… Brincadeiras à parte, ver e se candidatar a uma vaga de emprego não deveria ser como converter na landing page mais difícil do mundo!

Não são raras as vezes que os candidatos desistem dessas vagas simplemente porque é muito difícil. Abaixo estão algumas opções muito mais simples que você pode usar para recrutar talentos.

    1. LinkedIn

Já mencionamos a funcionalidade de cadastro de vagas, mas também é possível ter uma página da empresa e, lá, o acesso para visualizar vagas.

A vantagem é que, nessa página, você pode incluir um texto sobre a empresa, site, endereço e tamanho do time. O LinkedIn ainda exibe as conexões que trabalham no local e que podem servir como referência de buy-in. Lembre-se, tudo é uma venda e validação social é muito importante no momento da escolha – seja de um produto ou de um local para trabalhar.

Dica! Uma ótima forma de mostrar que sua empresa está contratando é pedindo para que seus colaboradores atuais atualizem suas descrições de cargos em [empresa] para incluir a mensagem “Estamos contratando”. Essa é uma forma de difundir ainda mais a oferta e estimular a curiosidade das conexões daquela pessoa.

 

    1. Rock Jobs

A Rock Jobs é uma plataforma, criada pela Rock Content, para compartilhar vagas de Marketing e Vendas. É uma ótima forma de atingir um público específico, que já está familiarizado com o universo de Inbound Marketing e Inside Sales.

Para utilizar, basta criar um perfil de recrutador e incluir uma descrição da empresa e publicar suas vagas! Ah, e é gratuito. 😉

    1. AngelList

Este é um portal voltado especificamente para Startup. Nele, é possível se conectar com investidores, encontrar vagas em startups e candidatos de todo o mundo! A usabilidade é bem simples e é possível tanto fazer o recrutamento pela plataforma quanto direcionar para um ambiente próprio.

Além das informações da vaga, local e salário, há a opção de  determinar se sua empresa patrocina visto para estrangeiros ou se aceita candidatos remotos, por exemplo.

    1. 99Jobs

Um portal que vêm se tornando muito popular, o 99Jobs é uma plataforma de recrutamento pago focado em atrair talentos para a sua empresa. Nele, é possível criar sua própria página, inserir ofertas de vagas e coletar avaliações.

Vale dizer que colocamos a 99Jobs neste setor pois, mesmo sendo um serviço pago, ainda aparece como uma página encubada, ao contrário das opções que veremos abaixo, que permitem uma personalização completa.

  1. Página própria de recrutamento

Para empresas que querem escalar times e contratar rapidamente, ter uma página própria de recrutamento é uma ótima forma de direcionar esforços e estar sempre disponível para novos candidatos. Em geral, o acesso para essas páginas fica no site da empresa, no rodapé das páginas, por exemplo, ou no topo.

Ao encontrar a oferta “Carreiras” ou “Trabalhe Conosco”, o candidato sabe que existem oportunidades ali. E vai atrás! Esses links podem levar a uma…

    1. Plataforma de recrutamento: como Lever.co e Recruitee. São softwares focados em recrutamento, com modelos de páginas fáceis de personalizar, formulários integrados semelhantes aos usados para Inbound e que possibilitam uma “conversão” rápida dos candidatos.
    2. Página própria: se sua empresa é boa de TI, pode criar uma página de recrutamento própria ou integrar com o LinkedIn!

O importante é não perder este candidato que já passou pela fase mais difícil – encontrar a sua empresa.

O que você precisa saber sobre a reputação da sua empresa online

O último ponto que queremos abordar neste conteúdo sobre atrair e conquistar talentos para vagas de vendas é a reputação da sua empresa. Hoje, temas relacionados a estresse no ambiente de trabalho, excesso de pressão, saúde mental dos funcionários e qualidade de vida são cada vez mais relevantes.

Millennials foram definidos como uma geração de ansiosos e adaptar-se a este cenário virou uma necessidade para muitas empresas. Sendo assim, o ambiente que sua empresa oferece, bem como a cultura e as relações interpessoais existentes, são um grande fator a ser considerado pelos candidatos. Pensando nisso, como anda a sua reputação no mercado?

Problemas como rotatividade alta podem sinalizar problemas no ambiente de trabalho, baixa remuneração, etc. Existe, inclusive, um portal chamado LoveMondays em que funcionários podem informar salários e escrever avaliações sobre as empresas, tudo de forma anônima. Se por um lado pode parecer uma forma de exposição, por outro pode ser um ótimo aliado no momento de conseguir candidatos – ou afastá-los de vez.

Um exercício: acesse o site, se nunca o fez antes, e veja o que foi dito sobre a sua empresa. Você também pode pedir para a sua equipe fazer depoimentos (honestos, claro) e utilizar os feedbacks – positivos ou negativos – para criar um plano de ação e resolver os problemas existentes.

Outra forma de prezar pela boa reputação da sua empresa como ambiente de trabalho é através do certificado Great Place to Work. O GPTW se descreve da seguinte forma: é uma autoridade global no mundo do trabalho, e especialistas em transformar a sua organização em um Great Place to Work, ajudando você a aproveitar o melhor das pessoas e atingir resultados excepcionais e, acima de tudo, sustentáveis.

Parece algo fora do alcance de pequenas empresas e startups, mas a GPTW certifica empresas a partir de cinco colaboradores com um badge. E a presença desta imagem gera confiança no candidato.

Então, pronto para começar o seu recrutamento?!

Conheça a planilha de recrutamento e seleção em vendas

recrutamento e seleção

Resumo
Está contratando? Tudo o que você precisa saber + os melhores modelos de descrição de vagas para vendas
Título do Post
Está contratando? Tudo o que você precisa saber + os melhores modelos de descrição de vagas para vendas
Descrição
Descubra como atrair talentos para sua empresa, obtenha modelos de descrições de vagas de vendas prontas para usar e comece a contratar já!
Autor

Você pode gostar também de...