O Zapier e seus remendos: como usá-lo em uma operação de marketing e vendas

zapier marketing vendas

Ter uma operação de marketing e vendas totalmente integrada e que flua sem problema é o sonho de muitos profissionais, certo? Mas a realidade pode ser um pouco mais complicada.

Hoje são necessários N aplicativos para atrair e converter um lead, qualificá-lo, enviar para prospecção e, finalmente, para o CRM. Uma operação simples necessita de, pelo menos, 3 desses sistemas. A medida que a empresa cresce e as estratégias evoluem, esse número pode dobrar facilmente.

Enquanto muitas empresas conseguem realizar essa troca de informações manualmente até certo ponto, essa é uma prática que tem prazo de validade. Seus vendedores, por exemplo, não podem ficar cadastrando 5 a 10 oportunidades no CRM diariamente de forma manual. O gasto de tempo sai do controle e perde-se oportunidades e deals! A integração veio para facilitar esse processo.

Como funciona uma integração entre softwares

Softwares são programas construídos em computadores (ou sistemas de processamento de dados). Cada software trabalha de acordo com conjuntos de regras criados pelos programadores. Para se comunicarem entre si, os softwares/computadores precisam:

  1. De um canal de comunicação;
  2. De regras que unifiquem a comunicação, como uma língua que todos entendem.

Esses dois pontos são solucionados por uma API (Application Programming Interface).

A comunicação por API funciona da seguinte forma:

Um computador (chamaremos de 1) faz uma requisição para um outro computador pedindo pelas informacões X, Y e Z. Essas informações vêm com tags específicas e, para responder, o computador  que recebe (vamos chamar de 2) deve ter as informações com as mesmas tags. Uma vez encontradas as informações, o computador 2 envia para o computador 1.

Uma API pode ser de duas vias (envia e recebe informações) ou de uma via só (apenas envia ou apenas recebe).

Uma integração, então, nada mais é do que computadores que se comunicam por API.

Mas e quando as ferramentas não integram??

É aí que o Zapier entra em cena.

O que é Zapier?

Zapier é um aplicativo americano capaz de mover informações entre dois sistemas web automaticamente, automatizando fluxos de trabalho e facilitando o dia a dia de profissionais. Em outras palavras, o Zapier possibilita a comunicação entre dois softwares que não possuem uma integração pronta.

Através dele é possível, por exemplo, integrar um Typeform com o RD Station, o Slack com o Pipedrive, Facebook Lead Ads com Trello, etc. São mais de mil aplicativos disponíveis para integração!

Cada integração é chamada de Zap e funciona da seguinte forma:

Um gatilho (trigger) acionará a integração e gerará uma ação (action). Esta ação pode desencadear outra ação, e por aí vai.

O Zapier é gratuito?

O zapier possui três planos sendo um deles totalmente gratuito.

O que muda é, principalmente, o número de apps disponíveis para integração, o número de acessos permitido e o número de passos em cada Zap. Além disso, existe a possibilidade de testar os planos pagos durante 14 dias antes de assinar.

Vantagens do Zapier para uma operação de marketing e vendas

O Zapier possibilita a comunicação entre dois softwares que não são capazes de trocar informações de outra forma. Do ponto de vista da produtividade, ele é uma vantagem e pode ser capaz de elevar uma operação de marketing e vendas.

Por um investimento relativamente baixo, é possível conectar uma série de aplicativos chaves para marketing e vendas, como:

  • Facebook Lead Ads
  • LinkedIn Lead Gen
  • Typeform
  • RD Station
  • Hellobar
  • Gmail
  • Pipedrive
  • Salesforce

Adicionalmente, o Zapier oferece um grande catálogo de apps para integração, o que pode auxiliar no momento de testar novas estratégias de aquisição de clientes.

Quer entender como o Zapier funciona na prática? Dá uma olhada nesse conteúdo do blog Marketing de Conteúdo 😉

Desvantagens do Zapier para uma operação de marketing e vendas

O Zapier é um remendo de algo para o qual não existe ligação nativa (comunicação direta).

Ele adiciona uma camada extra de comunicação entre dois sistemas e é mais um ponto de possível erro e problema. No entanto, ainda é uma solução simples para a falta de integração, que normalmente demanda um desenvolvedor focado por um tempo considerável.

Outra desvantagem do Zapier é em relação ao número de aplicativos brasileiros que estão disponíveis para integração. Por ser uma empresa americana, ainda são poucas as opções de softwares nacionais que integram o portfólio do Zapier.

Por isso, se você quiser trabalhar com um aplicativo específico, certifique-se de que o Zapier funciona e executa a ação que você precisa.

Uma alternativa nacional para o Zapier é a Pluga. Eles funcionam com aplicativos nacionais como Granatum, PagSeguro, Pagar.me, Moip, NFe.io e alguns CRMs nacionais como Agendor, Moskit e Plug CRM.

Zapier é a melhor ideia para a sua prospecção?

Depende. O Zapier possibilita uma série de troca de dados entre softwares que não poderiam ser feitas facilmente sem ele (não há integração nativa). Ele é, portanto, muito funcional, mas pode não ser a melhor solução para resolver os problemas vivenciados na sua prospecção.

Vamos supor que sua equipe de pré-vendas esteja trabalhando da seguinte maneira:

Os leads são gerados no LinkedIn Lead Gen, exportados em Excel, a prospecção acontece de forma manual fora de um software de prospecção e os leads qualificados são importados manualmente no CRM, onde viram deals.

Existem problemas em todas essas etapas. Vamos vê-las abaixo, juntamente com as opções:

  1. Leads são gerados no LinkedIn Lead Gen e exportados em Excel: a exportação de listas de leads é parte da rotina de muitas empresas. Enviá-las diretamente para o ambiente de prospecção seria interessante, já que operações que trabalham com Inbound precisam de rapidez na movimentação dos dados.
  2. Prospecção acontece de forma manual fora de um software de prospecção: este é um problema grande em uma operação de vendas. Utilizar um excel para fazer a prospecção fora de um software próprio deixa toda a operação no escuro. Não existem métricas de desempenho e não se sabe quais as taxas de aproveitamento. Este, portanto, é um problema maior que a integração.
  3. Importar os leads qualificados para o CRM: ao importar apenas os leads qualificados, perdem-se métricas essenciais para entender a qualidade da prospecção e do perfil de lead gerado no LinkedIn Lead Gen.

Conclusão

Existem desafios que o Zapier não soluciona com a integração, pois o problema está no processo, não no envio de dados. Ao considerar essa contratação, é preciso olhar para a operação como um todo, entender onde estão os gargalos e o que pode ser feito para solucioná-los.

Nos desafios onde o processo demanda dados, métricas e rastreabilidade, o Zapier não é completo e não soluciona todos os problemas. Já em fluxos onde a única saída é o envio rápido das informações, de forma prática e sem envolver desenvolvedores, o Zapier é uma ótima alternativa.

Quer entender como solucionar os problemas na sua operação de Inside Sales? Converse com um de nossos consultores.

Faça o diagnóstico de Inside Sales da sua empresa:

planilha inside sales

Resumo
O Zapier e seus remendos: como usá-lo em uma operação de marketing e vendas
Título do Post
O Zapier e seus remendos: como usá-lo em uma operação de marketing e vendas
Descrição
Ter uma operação de marketing e vendas totalmente integrada e fluida é o sonho de muitos profissionais, mas será o Zapier a melhor solução? Descubra!
Autor

Você pode gostar também de...