casts for closers #97

Métricas de Vendas mais importantes para o seu negócio

Convidado: Rodrigo Stoqui
  • 26min
  • 14 agosto 2019

Este foi um dos episódios patrocinados pela Growth Machine, a maior autoridade do mercado em revolucionar a capacidade de geração de receita de empresas B2B.

Convidamos para o episódio da semana o Country Manager do Pipedrive, Rodrigo Stoqui, pra falar sobre as métricas mais importantes de Vendas para o seu negócio. Já trouxemos aqui no Casts for Closers quase todos CRMs mais significativos do mercado brasileiro e é com prazer que trouxemos também o Pipedrive para participar.

Há um ano e meio sendo responsável pela operação do Brasil, Rodrigo trouxe pra gente que a missão do Pipedrive como empresa é fazer com que o sucesso em Vendas seja inevitável. Confira o episódio abaixo!

Casts for Closers #97 – Métricas de Vendas mais importantes para o seu negócio

Neste episódio nós falamos sobre:

Quais as principais métricas de Vendas para o Pipedrive

  • Média de receita recorrente, ticket médio, novos pagantes, de onde eles vêm, taxa de conversão por canal
    • ARR – Avarage Recurring Revenue: Receita Recorrente Média
    • ARPA – Avarage Revenue per Account: Ticket Médio
  • NPC – New Paying Customer: Novo cliente pagante
    • Cada cliente traz consigo os Paying Seats, que são os lugares pagos por usuários que utilizam o CRM
  • O que vem organicamente, por canal, e também o que vem de canais pagos
  • Conversion Rate: Taxa de Conversão
  • OMTM – One Metric That Matters: Única métrica que importa
    • Métrica que dá foco para as empresas
  • Divisão entre métricas de atividade (volume de ligações, número de atividades feitas) e métricas de resultado (quantas reuniões estão sendo agendadas, quantos negócios estão fechando)
  • É tentador experimentar um pouco de tudo, mas coloque esforço num período de tempo em algumas métricas
    • Veja que o processo de vendas funciona como uma engrenagem
    • É importante que você veja onde tem que mexer, arrumar, colocar óleo, onde e o que está faltando para funcionar melhor
  • Vale analisar o que importa para você agora e se está trazendo resultado ou não na hora de escolher suas métricas

Como avaliar se um mês pode ser ruim com antecedência

  • Quatro coisas são importantes quantitativamente
    • Número de negócios no funil
    • Tamanho médio dos negócios no funil, pois ajuda a medir o esforço a ser colocado em cada um deles
    • Proporção de fechamento: qual a quantidade média, em percentual, de negócios fechando
      • Saber por que estou ganhando e por que estou perdendo negócios
    • Velocidade em Vendas: duração do negócio antes de ele ser fechado
  • Nem todas as empresas têm esse olhar matemático de vendas

Como um gestor pode gerenciar as etapas do funil

  • Os melhores vendedores e gestores são os que conhecem os funis profundamente e têm domínio sobre eles
    • Sabem lidar com a necessidade dos clientes e entregar a mensagem certa na hora certa
    • Conseguem expandir o processo e ter a previsão da venda
  • Funil bem definido melhora a jornada do cliente e a saúde da empresa
    • Vai economizar tempo, pois vai dispensar cliente não qualificado e focar nos clientes bons
    • Como eu consigo mover esse cliente de forma mais rápida e mais suave criando pontos de contato durante o processo
    • Para a empresa, ela terá as principais métricas que importam para o negócio em mãos
  • Separar o processo de vendas em 3 etapas
    • Início do funil
      • Baixas taxas de passagem na primeira etapa do funil significam que não estão conseguindo passar a mensagem inicial direito
      • Os vendedores não estão conseguindo abrir conversa, pode estar parecido com telemarketing 
    • Meio do funil
      • Etapa de diagnóstico
      • Vendedores não estão conseguindo cavar as dores, mostrar que o problema é grande o suficiente
    • Fim do funil
      • Leads sumindo depois da proposta tem duas possibilidades
        • Os próximos passos não estão bem definidos
        • Qualificação não foi bem feita

Boas práticas para manter uma boa reunião de forecast

  • Vender é como jogar xadrez, e o melhor vendedor consegue antecipar o próximo passo
  • Reunião de forecast tem duas partes
    • Parte estratégica: planejamento de metas e como está a conversão do funil
    • Parte tática: analisar cada lead de cada vendedor e o que falta para alcançar a meta
  • Precisa ter:
    • Motivos claros
    • Takeaways claros do que precisa ser apresentado, discutido e apresentado
    • Informação concreta, ou seja, dados que ajudam na tomada de decisão
  • Não trazer pra mesa o futuro, focar no presente
    • O que preciso fazer hoje pra trazer o resultado em X tempo?
  • Avaliar o perfil dos leads por etapa do funil
    • O cliente não é decisor e recebeu proposta, por quê?
      • Conversar sobre esses casos no forecast
    • Avaliar também os negócios perdidos

Conclusão

  • Fazer com que o sucesso em vendas seja inevitável com certeza acontece, mas não é da noite para o dia
  • Exige tempo, esforço, muito treinamento e comprometimento de todo mundo como time e como empresa

Conheça o convidado:

Rodrigo Stoqui Country Manager Brasil na Pipedrive

Sobre o podcast

Conversamos nesse episódio com Rodrigo Stoqui, Country Manager do Pipedrive aqui no Brasil. O Rodrigo nos ajudou a entender quais as principais métricas para o seu negócio, como acompanhá-las e deu dicas práticas pra sua operação. Aproveita a aula ;)

Casts for Closers disponível em:

Mais podcasts

Ver mais episódios
Veja também

Mais informações sobre Inside Sales para você. Veja:

Acompanhe todas as novidades
sobre Inside Sales

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro do assunto!

Obrigado! Seu cadastro foi realizado com sucesso. 😉

Podcast #127

Como manter leads engajados durante a Covid-19

  • 1:12:00
  • 00:52:12