Como montar uma startup e sobreviver ao caos

como-montar-uma-startup

Em uma pesquisa sobre empreendedorismo realizada no Brasil, em 2012, verificou-se que quase 44% dos brasileiros têm o sonho de possuir um negócio próprio. Contudo, transformar este sonho em realidade e saber como cria um negócio, como montar uma startup, por exemplo, requer um planejamento cuidadoso, cujo principal objetivo é minimizar riscos e construir uma empresa de sucesso.

Existem muitas metodologias no mercado de como montar uma startup, e independente da que você escolher, saiba que a fase de análise do negócio é muito mais importante do que a implementação em si.

E o porquê disso é muito simples: você precisa conhecer o mercado, saber exatamente quem será seu cliente, o quanto ele estará disposto a pagar pelo seu produto e, principalmente, como você se diferenciará da concorrência.

Mesmo que os riscos sejam baixos (num mercado já estabelecido), sem essa análise inicial, sua empresa apenas morrerá lentamente.

Nesse post você receberá outras dicas e entenderá o que precisa ter em mãos antes de decidir como montar uma startup (ou mesmo se deve abri-la).

Como montar uma startup de forma segura e assertiva

A Regra dos 18 meses

Não há como montar um negócio ou investir em uma startup sem pensar no capital inicial necessário, certo? Portanto um dos primeiros passos é fazer uma análise criteriosa de todos os seus custos.

Mensure quantos funcionários você precisará contratar, custos com o marketing, custos imobiliários, contabilidade, custos com a documentação (alvará, emissão de CNPJ, etc.), estoque, matéria-prima (ou insumos auxiliares como computadores), serviços iniciais (programação, layout e design do site, etc), e tudo o que você for precisar.

Agora, uma regra comum adotada no mercado: prepare-se para 18 meses de operação sem faturamento.

Não importa de onde virá seu capital inicial: se dos sócios, aportes de investidores-anjo, venture capital, financiamentos, etc. Se você conseguir operar e atingir o ponto de equilíbrio antes, ótimo! Mas os primeiros clientes podem demorar a serem adquiridos e não há fórmula mágica para o sucesso antes.

Esta regra dos 18 meses é empírica, e será seu mantra até que sua operação comercial esteja dando frutos e sustentando a empresa.

Dicas para entender como montar uma startup

A importância do Plano de Negócios

Você sabia que apenas metade dos empreendedores que faz um plano de negócios decide abrir a empresa de fato? Em relação à outra metade, muitos desistem ou mudam o tipo de negócio. Isso não quer dizer que eles perderam dinheiro! Muito pelo contrário: eles certamente deixaram de perder muito mais ao não abrir um negócio fadado ao fracasso.

O exercício em si, de se montar um plano e descobrir como montar um negócio é essencial para que você pense sobre TODOS os aspectos mais importantes, que comentamos na introdução deste post, e um merece destaque: seu diferencial frente à concorrência, pois sim, ela existe! Por mais inovador que seja seu modelo de negócio, você tem pelo menos concorrentes indiretos! Esqueça a noção de estar sozinho, pois o Oceano Azul é muito difícil de ser encontrado.

Escrevemos um post sobre como fazer um plano de negócios.

Conhecimento é seu diferencial

Segundo a última pesquisa do IBGE, 48% das empresas fecham as portas em três anos. Existem ainda aquelas que não fecham, mas morrem lentamente.

E certamente nesses 3 anos você enfrentará momentos de crise. E não há como montar um negócio sem estar preparado para todas as dificuldades que surgirão (e serão muitas, acredite!).

3 formas de obter conhecimento:

  • Leia livros sobre seu negócio e seu mercado! Tudo o que puder!
  • Acompanhe blogs estrangeiros também! Algumas leituras de vendas que acompanhamos lá fora:
  • Espalhe o conhecimento pela sua empresa (ou diretoria), através de um treinamento! Sempre que isso acontece você se vê obrigado a estudar com profundidade o assunto.

Mesmo assim, você precisará de ajuda… Peça!

Assuma uma hipótese como verdadeira sempre: há alguém, mais experiente que você, que já trilhou um caminho parecido e pode te dar uma dica valiosa! Isso será sempre verdade, não importa seu ramo de atuação.

Procure um mentor, um empreendedor que já passou pelos desafios que passou e que poderá te dar alguns atalhos de como percorrer o caminho. Sem isso, não há como montar um satrup com mais confiança e assertividade.

Escrevemos recentemente um post com 5 momentos decisivos na vida de toda startup, e como a estrutura do time de vendas se comporta em cada uma das etapas . É valiosíssimo!

Recomendamos novamente o vídeo do Peter Thiel (fundador do PayPal e Venture Capitalist da Y Combinator) em Stanford, sobre como montar um negócio.

Tenha um Contrato de Vesting

Imprevistos podem acontecer (e vão) e alguns deles podem estar relacionados à permanência dos sócios! Sabe como sua empresa se protegerá da saída espontânea de um deles? Exatamente, com um contrato de vesting.

Este tipo de contrato rege as condições de aquisição (“vestir” as ações) de todos os sócios, e previne que um deles saia e leve uma parte grande, muitas vezes inviabilizando o negócio como um todo.

E essa é nossa última dica: elaboramos um contrato mostrado abaixo, aproveite!

Baixe o modelo de Contrato de Vesting:

Resumo
Como montar um negócio e sobreviver ao caos
Título do Post
Como montar um negócio e sobreviver ao caos
Descrição
Confira as dicas da Meetime de como montar um negócio e sobreviver ao desafio que é empreender no Brasil. Acesse o post e confira!
Autor

Você pode gostar também de...